icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/07/2013
12:06

Após a queda de Ney Franco, o presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, colocou o nome de Paulo Autuori como um dos alvos (o outro é Muricy Ramalho) para substituí-lo. No entanto, do lado do Vasco, Cristiano Koehler garante não ter sido procurado pelo clube paulista com uma proposta pelo técnico. O diretor-geral cruz-maltino até vê o interesse como natural, mas ressalta contrato do treinador até o fim de 2014.

- Neste momento é natural que existam especulações. O Paulo tem contrato com o Vasco até o final do ano que vem. Nada de anormal, até porque ele foi campeão do mundo pelo São Paulo. Mas não recebemos nenhuma proposta oficial - disse em entrevista à Rádio Tupi.

Paulo Autuori está no Vasco desde março.

Após a queda de Ney Franco, o presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, colocou o nome de Paulo Autuori como um dos alvos (o outro é Muricy Ramalho) para substituí-lo. No entanto, do lado do Vasco, Cristiano Koehler garante não ter sido procurado pelo clube paulista com uma proposta pelo técnico. O diretor-geral cruz-maltino até vê o interesse como natural, mas ressalta contrato do treinador até o fim de 2014.

- Neste momento é natural que existam especulações. O Paulo tem contrato com o Vasco até o final do ano que vem. Nada de anormal, até porque ele foi campeão do mundo pelo São Paulo. Mas não recebemos nenhuma proposta oficial - disse em entrevista à Rádio Tupi.

Paulo Autuori está no Vasco desde março.