icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/07/2013
20:02

Absoluto no gol cruz-maltino desde a chegada do técnico Dorival Júnior, Diogo Silva exala confiança. O goleiro teve um papo com Juninho Pernambucano e disse acreditar que nesta temporada a equipe do Vasco brigar por títulos e não contra o rebaixamento, como muitas pessoas acham.

– Eu estava falando com o Juninho que nós vamos ganhar algo esse ano. O grupo é bom. Eu falei isso dias depois da derrota para o Flamengo. É só observarem como estamos trabalhando forte no dia a dia. O grupo se doa, se entrega ao máximo. Uma hora a bola começa a entrar – garantiu o jogador.

O Vasco contratou Diogo Silva depois de uma temporada de destaque no Nova Iguaçu. No entanto, o Gigante ainda não quitou o que deve ao clube da Baixada Fluminense. O valor (R$ 1 milhão) foi dividido em 10 vezes de R$ 100 mil e nenhuma parcela foi paga. O arqueiro, no entanto, acredita que o acerto sairá em breve.

– Com o empenho da diretoria, que está ajeitando a vida financeira do clube agora, as coisas vão melhorar. O Nova Iguaçu sabe que o Vasco vai pagar. Acredito que tudo vá se acertar nos próximos dias e continuarei aqui – afirmou o arqueiro que atuou em equipes como Bangu, Mesquita e Juventude (RS).

Absoluto no gol cruz-maltino desde a chegada do técnico Dorival Júnior, Diogo Silva exala confiança. O goleiro teve um papo com Juninho Pernambucano e disse acreditar que nesta temporada a equipe do Vasco brigar por títulos e não contra o rebaixamento, como muitas pessoas acham.

– Eu estava falando com o Juninho que nós vamos ganhar algo esse ano. O grupo é bom. Eu falei isso dias depois da derrota para o Flamengo. É só observarem como estamos trabalhando forte no dia a dia. O grupo se doa, se entrega ao máximo. Uma hora a bola começa a entrar – garantiu o jogador.

O Vasco contratou Diogo Silva depois de uma temporada de destaque no Nova Iguaçu. No entanto, o Gigante ainda não quitou o que deve ao clube da Baixada Fluminense. O valor (R$ 1 milhão) foi dividido em 10 vezes de R$ 100 mil e nenhuma parcela foi paga. O arqueiro, no entanto, acredita que o acerto sairá em breve.

– Com o empenho da diretoria, que está ajeitando a vida financeira do clube agora, as coisas vão melhorar. O Nova Iguaçu sabe que o Vasco vai pagar. Acredito que tudo vá se acertar nos próximos dias e continuarei aqui – afirmou o arqueiro que atuou em equipes como Bangu, Mesquita e Juventude (RS).