icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/11/2014
08:05

A temporada não foi das melhores para o torcedor vascaíno. A equipe conviveu com altos e baixos na Série B e, com muitas rodadas de antecedência, já não tinha mais chance de título. Agora, no entanto, as coisas estão começando a melhorar e os vascaínos já têm motivos para festejar na despedida da equipe no Rio de Janeiro neste ano, que será sábado, contra o Icasa, no Maracanã.

Além de comemorar o retorno à Série A, que pode acontecer até mesmo em caso de derrota, a torcida tem uma outra motivação: quebrar o recorde de público do estádio no ano, que pertence ao Flamengo. Os rubro-negros levaram 59.680 pessoas ao Maracanã diante do Grêmio, no dia 6 de setembro, pelo primeiro turno do Brasileirão.

O feriado de hoje, pelo Dia da Consciência Negra, pode fazer com que muitos vascaínos acabem viajando e não estejam no Rio no dia da partida. Ciente disso, Rodrigo Caetano, diretor executivo de futebol do Vasco, pediu que os torcedores fiquem no Rio e façam do jogo o "evento do feriado".

– Que o torcedor se programe para ter um feriado aqui no Rio. É um evento para crianças, jovens, famílias... Programem o feriado com o jogo do Vasco. Transformem este evento no programa do feriado – disse o dirigente à Rádio Globo.

A torcida vascaína lotou São Januário apenas uma vez nesta temporada. Porém, no único jogo no Maracanã, diante do ABC, o Vasco levou público de 49.460 presentes. Que a empolgação com o Maraca continue e a quebra do recorde seja a cereja do bolo na festa do acesso!