icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/12/2013
11:15

O Goiás foi campeão goiano, semifinalista da Copa do Brasil e lutou por uma vaga na Libertadores via Campeonato Brasileiro até a última rodada, terminando a competição em sexto lugar. O ano de 2013, após esses resultados, precisa ser considerado como positivo para o time que havia sido campeão da Série B-2012. Só que o horizonte esmeraldino não é nada animador. Um verdadeiro desmanche vem acontecendo. Apenas dois jogadores que terminaram a temporada entre os 11 estão garantidos para 2014: o goleiro Renan e o volante Amaral.

As campanhas de destaque garantiram valorização para muitos jogadores. O zagueiro Ernando, por exemplo, havia assinado um pré-contrato com o Internacional em junho. Rodrigo, o seu companheiro de setor, praticamente "ressurgiu" para o futebol em Goiânia, mas não ficará: pediu mais do que o Esmeraldino poderá pagar em 2014.

É e exatamente a questão financeira que tem sido determinante para a debandada de jogadores como Rodrigo, Vitor e William Matheus. Outros, como Eduardo Sasha e Renan Oliveira retornarão aos seus clubes de origem: Internacional e Atlético-MG, respectivamente.

Estrela do time, o atacante Walter, eleito para a Seleção do Campeonato Brasileiro pela CBF, está na mesma situação. O Porto sinalizou com um novo empréstimo, mas o atacante quer R$ 250 mil por mês, valor que escapa da nova realidade do clube. Além disso, o clube estuda o custo-benefício do camisa 18, conhecido por atuar acima do peso.

– Teremos desafios para 2014. Os maiores estão na questão financeira – pontuou Sérgio Rassi, que assumirá a presidência do clube no próximo dia 27, ao LANCE!Net.

CLAUDINEI OLIVEIRA: O TÉCNICO 'IDEAL' PARA 2014

Foram dois anos e três meses com Enderson Moreira de técnico. Agora, é Claudinei Oliveira, ex-treinador das categorias de base e do time principal do Santos, que terá a responsabilidade de comandar o Esmeraldino. E sobra expectativa para o trabalho que será desenvolvido por ele em Goiânia.

O fato de ter trabalhado em categorias de base até junho deste ano – quando assumiu a equipe principal do Santos – foi crucial para o Goiás procurá-lo. A tendência é pela presença de muitos jovens revelados pelo clube no elenco do próximo ano.

A SITUAÇÃO DO TIME CONSIDERADO TITULAR NESTA TEMPORADA

Jogador

Posição Situação
Renan Goleiro Tomou conta da posição e fica para 2014
Vitor Lateral-direito Não renovou
Ernando Zagueiro Acertou com o Internacional
Rodrigo Zagueiro Pedida salarial foi alta. Não reovou
William Matheus Lateral-esquerdo Não renovou
Amaral Volante O capitão e ídolo da torcida fica para 2014
David Volante Contrato terminou no dia 30 de novembro. Pode renovar
Hugo Meia Rescindiu. Tinha contrato até maio de 2014
Renan Oliveira Meia Estava emprestado pelo Atlético-MG
Eduardo Sasha Meia-atacante Estava emprestado pelo Internacional
Walter Atacante Alto salário e custo-benefício pesam para uma renovação
Enderson Moreira Técnico Deixou o Goiás após dois anos e três meses. Foi para o Grêmio

OPINIÕES DOS ESPECIALISTAS

Renan Oliveira, Ernando, Eduardo Sasha e Enderson Moreira, alguns dos principais nomes do Goiás em 2013, poderão corresponder por Atlético-MG, Internacional e Grêmio, respectivamente?

Carlos Alberto Vieira
Editor do LANCE!
Vamos aguardar para ver se há o interesse de Autuori em ter Renan Oliveira. No Galo, ele era o cara que estava para estourar e... Nada. A pergunta é:  no Goiás Renan ganhou a "eletricidade" que faltava no seu jogo modorrento? Não.

Hiltor Mombach
Editor do "Correio do Povo"
O Ernando, um bom zagueiro, era uma necessidade do Inter. Já o Sasha voltará para ficar o ano no banco. O Inter não tem necessidade de ter um jogador como ele, pois já conta com o Otávio. Seria melhor ele ficar mais um ano no Goiás.

Luis Henrique Benfica
Repórter do "Zero Hora"
A torcida gostou da chegada do Enderson, pelo fato de o Grêmio não ter apostado em outro medalhão. Mas, o mesmo tempo, desconfia se ele suportará a pressão. Ele, Enderson, precisará de respaldo e pulso firme.