icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/06/2014
17:18

Após a Fifa anunciar punição de um jogo a Rodrigo Paiva, o assessor de imprensa da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se pronunciou por meio do site oficial da entidade. Paiva não se defendeu da acusação de ter dado um soco no atacante Pinilla e insinuou que integrantes da comissão do Chile teriam tido uma "conduta reprovável".

- Respeito, como sempre respeitei, as decisões da Fifa. O caso está sendo investigado pelo Comitê Disciplinar da entidade, e o mesmo já tem à sua disposição provas da conduta reprovável por parte de membros da delegação chilena e que trarão luz à verdade dos fatos - disse Paiva.

No jogo contra a Colômbia, pelas quartas de final, sexta-feira, Rodrigo vai pagar a suspensão automática recebida, já que foi expulso da partida contra o Chile. E ele não está livre de ter mais problemas, porque o Comitê Disciplinar, que tem um vídeo da confusão, pode decidir aplicar mais sanções.