icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/12/2013
14:12

O técnico Vicente Del Bosque, comandante da seleção espanhola, preferiu não votar em dois grandes astros do futebol mundial, finalistas da Bola de Ouro. O espanhol ignorou Messi e Cristiano Ronaldo e, entre os finalistas, contemplou apenas Ribéry com um voto - e mesmo assim em segundo.

Del Bosque explicou sua lógica e disse que preferiu votar em Xavi e Iniesta, além do francês do Bayern de Munique, que ficou em terceiro de acordo com a lista do treinador da Fúria. Ele quis evitar os votos em Messi e Ronaldo, segundo o próprio, para evitar entrar em uma "guerra":

 - Votei em consciência. Não quis entrar em nenhum batalha, nem nenhuma guerra. É um assunto menor para mim. Votei em Xavi e Iniesta, estão na lista, não podiam votar em outros... Em terceiro coloquei o Ribéry, por uma questão de lógica, pois foi o que mais ganhou na Europa. Ganhou a Liga, Copa, a Champions e ajudou a classificar a França para a Copa do Mundo de 2014. É um representante digno do Bayern Munique.