icons.title signature.placeholder Enrico Bruno
20/11/2013
19:33

Ídolo do Vasco, Dedé não esconde o carinho que tem pelo time carioca. Neste sábado, no entanto, o zagueiro do Cruzeiro poderá encontrar uma situação complicada no Maracanã. O campeão brasileiro vai ao Rio para enfrentar a equipe cruz-maltina, ainda lutando para se manter na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Perguntado se prefere ficar de fora da partida, Dedé foi sincero.

- Minha vontade é ficar fora. Se o Cruzeiro estivesse em uma situação diferente, eu ia querer jogar. Mas como já fomos campeões, prefiro ficar de fora - falou o Mito, agora cruzeirense.

Ao comentar sobre o Vasco, Dedé não poupou elogios ao clube que o serviu de vitrine para o futebol.

- Todos sabem o carinho que eu tenho pelo Vasco, aonde cresci, virei o Dedé que todo mundo diz. Todo mundo sabe que eu torço muito para que o Vasco não caia, é um clube que merece ficar na Série A. Mas sou profissional do Cruzeiro, fui contratado para trabalhar aqui e tenho que cumprir minha tarefa. Vou torcer muito para o Vasco pelo resto da minha vida - acrescentou.

MAIS:
> Alexandre Mattos confirma que continua no Cruzeiro
> Cruzeiro fica perto de renovar com Bruno Rodrigo

O Mito esteve presente na atividade técnica comandada por Marcelo Oliveira na tarde desta quarta, na Toca da Raposa. A atividade na reapresentação do clube foi descontraída e não serviu para o comandante mostrar os possíveis titulares para o jogo de sábado, às 19h30, no Maracanã.

- Não foi definido o que vai ser, se vou viajar, se eu não vou. Mas vou trabalhar. Se for para jogar, estarei pronto. Vou torcer para o Vasco tentar crescer, lutar para não cair. Eles (torcedores) sabem que, de fora, eu sou torcedor fanático, mas visto a camisa do Cruzeiro, sou homem, profissional, e tenho que cumprir o meu dever. Emociona demais falar do Vasco, por tudo que eu vivi ali - concluiu Dedé.

Vascaínos fazem apelo especial para Dedé antes do confronto