icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/11/2013
15:02

Com as chuteiras penduradas já desde o meio do ano, Deco começa a pensar em seu jogo de despedida. De acordo com o jornal espanhol "Mundo Deportivo", ele pretende voltar ao Estádio do Dragão para fazer uma partida do Porto que venceu a Liga dos Campeões de 2004, comandado por José Mourinho, contra o Barcelona que também levou o torneio de 2006. A ideia é que o jogo seja em janeiro, e que atue um tempo com cada camisa.

Segundo o jornal, os dois clubes mostraram-se muito receptivos a ideia, e a partida deve de fato acontecer na Cidade Invicta, no dia 8 de janeiro. Muito provavelmente, alguns companheiros do time de 2006 do Barcelona não poderiam estar presentes, já que coincide com uma data da Copa do Rei. Assim, estrelas como Xavi, Iniesta, Messi (este não relacionado para a decisão), Puyol e Valdés, todos campeões europeus de 2006, devem faltar. Mas outros como Ronaldinho Gaúcho e Belletti.

Já no caso do Porto, seria mais fácil, pois praticamente o time todo está aposentado. A ideia de Deco seria, inclusive, ter José Mourinho, atualmente no Chelsea, no banco do Dragão, e Frank Rijkaard, hoje desempregado, no do Barcelona. Pode haver ainda um "jogo da volga", no Camp Nou.

Apesar de ter jogado depois ainda por Chelsea e Fluminense e ter sido campeão em ambos, Porto e Barcelona foram os clubes em que mais marcou época. Pelo Dragão, o luso-brasileiro venceu três Campeonatos Portugueses, três Taças de Portugal, três Supertaças de Portugal, uma Taça Uefa e uma Liga dos Campeões. Pelo Barcelona, conquistou dois Campeonatos Espanhóis, duas Supercopas da Espanha e a Champions.