icons.title signature.placeholder Vinícius Perazzini
20/06/2014
08:08

Costa Rica e Itália, vestidos na pele de Davi e Golias, se enfrentam nesta sexta-feira, às 13h, na Arena Pernambuco. Em termos de valores dos elencos, o duelo é extremamente desigual: sozinho, Mario Balotelli, o grande astro italiano, vale mais do que todos os 23 jogadores rivais somados. Porém, a Costa Rica já mostrou contra o Uruguai, na rodada anterior, que tem força suficiente para derrubar um gigante.

De acordo com o site Transfermarkt, especializado em valores do mercado da bola, Balotelli está estimado em 26,4 milhões de euros (R$ 80 milhões). Já o elenco costarriquenho inteiro foi avaliado em 26,07 milhões de euros (R$ 78,6 milhões).

O mesmo site avalia que o elenco inteiro da Itália vale R$ 861 milhões. Um abismo de dinheiro separa as duas seleções, mas a Costa Rica está disposta a fazer história.

– Sabemos que chegamos aqui como desconhecidos, e a vitória sobre o Uruguai nos tornou conhecidos para muitos. Talvez ainda existam pessoas que não conheçam nosso trabalho, mas a Costa Rica quer deixar uma marca na história desta Copa do Mundo – destacou o zagueiro Giancarlo González.

Costa Rica e Itália vêm embaladas por triunfos. Porém, se os costarriquenhos vencerem, estarão classificados às oitavas de final. Seria uma zebra histórica, que o valioso Balotelli deseja espantar.

– Nós assistimos ao vídeo deles, e é um time excelente. Temos que respeitá-los e dar 200% do nosso desempenho para vencer. Estou focado no título desta Copa do Mundo. Para mim, a Copa vale mais do que uma Bola de Ouro ou uma Liga dos Campeões – afirmou o atacante italiano.