icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/11/2013
15:22

Por conta de uma briga entre torcidas organizadas do Cruzeiro e a Polícia Militar de Minas Gerais, no clássico de minas, o Atlético-MG acabou sendo punido com a perda de um mando de campo e jogará contra o Vitória longe de BH. O técnico Cuca considerou a punição uma atitude de falta de bom senso, principalmente pela viagem do Galo no Mundial.

O Atlético-MG jogará no dia 8 de dezembro, no encerramento do Campeonato Brasileiro, distante de sua casa, já que o empate contra os baianos estava marcado para o Independência. E os atletas não terão descanso, já que viajam no dia seguinte para o Marrocos.

- Imagina se é um jogo que vale uma importância enorme? Mas, passado isso, a gente vai viajar na segunda às 11h, uma viagem internacional, temos que estar no aeroporto às 9h. Teve que ter bom senso, um pouquinho disso. Que o Atlético pagasse essa punição ano que vem - afirmou o treinador, criticando o fato de o Galo pagar por algo que ele não teve envolvimento:

-  Não cabe a mim falar, acho um absurdo a torcida adversária prejudicar o seu time. Você é penalizado sendo que as imagens mostram a PM do lado fazendo o que podia e você é punido.