icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/07/2013
16:05

Desde a última sexta-feira, jornalistas, diretores do Atlético-MG, jogadores e qualquer outro profissional do clube que chegavam à Cidade do Galo se deparavam com várias faixas de apoio ao clube mineiro. As mensagens eram direcionadas aos atletas e membros da comissão técnica, e continham total apoio aos jogadores para a maior partida de sua história, contra o Olimpia, na próxima quarta-feira.

O técnico Cuca, no entanto, revelou não ter visto as faixas espalhadas pelo CT, mas aprovou a ideia, que partiu do Departamento Médico das categorias de base atleticana.

- Não vi as faixas, não parei para olhar, porque não saí daqui de dentro desde que cheguei da viagem - comentou o treinador, antes comentar sobre o fato:

- Tudo que é positivo é bem-vindo. É isso mesmo, a gente tem de ter otimismo, confiança , já passamos por situação assim. Agora é a final, mais difícil ainda, mas a gente tem uma chance - completou.

MAIS:
> DM da base espalha faixas de apoio na Cidade do Galo
> Cuca ainda tem dúvidas para escalar lateral-direito

Cuca ainda mostrou confiança e disse estar disposto a fazer de tudo para conseguir o feito inédito com o grupo atleticano.

- O nosso sonho está próximo e depende da gente realizar. Quando está próximo você não pode medir esforço, tem de fazer o possível, tudo dentro da lei, nada que ultrapassa a lei, mas tem de ter esforço ao máximo - concluiu o comandante.

A partir deste domingo, o treinador irá comandar as atividades com os jogadores do elenco alvinegro no estádio do Mineirão. O treino no Gigante da Pampulha será no período da manhã. Na segunda-feira, o Atlético faz nova atividade no local, desta vez, na parte da noite.

Desde a última sexta-feira, jornalistas, diretores do Atlético-MG, jogadores e qualquer outro profissional do clube que chegavam à Cidade do Galo se deparavam com várias faixas de apoio ao clube mineiro. As mensagens eram direcionadas aos atletas e membros da comissão técnica, e continham total apoio aos jogadores para a maior partida de sua história, contra o Olimpia, na próxima quarta-feira.

O técnico Cuca, no entanto, revelou não ter visto as faixas espalhadas pelo CT, mas aprovou a ideia, que partiu do Departamento Médico das categorias de base atleticana.

- Não vi as faixas, não parei para olhar, porque não saí daqui de dentro desde que cheguei da viagem - comentou o treinador, antes comentar sobre o fato:

- Tudo que é positivo é bem-vindo. É isso mesmo, a gente tem de ter otimismo, confiança , já passamos por situação assim. Agora é a final, mais difícil ainda, mas a gente tem uma chance - completou.

MAIS:
> DM da base espalha faixas de apoio na Cidade do Galo
> Cuca ainda tem dúvidas para escalar lateral-direito

Cuca ainda mostrou confiança e disse estar disposto a fazer de tudo para conseguir o feito inédito com o grupo atleticano.

- O nosso sonho está próximo e depende da gente realizar. Quando está próximo você não pode medir esforço, tem de fazer o possível, tudo dentro da lei, nada que ultrapassa a lei, mas tem de ter esforço ao máximo - concluiu o comandante.

A partir deste domingo, o treinador irá comandar as atividades com os jogadores do elenco alvinegro no estádio do Mineirão. O treino no Gigante da Pampulha será no período da manhã. Na segunda-feira, o Atlético faz nova atividade no local, desta vez, na parte da noite.