icons.title signature.placeholder Thiago Fernandes
23/07/2014
14:44

A diretoria do Cruzeiro assegura que não pretende contratar Robinho, embora a advogada Marisa Alija Ramos tenha dito que o clube se interessa pelo craque há algumas janelas de transferências. A cúpula endossa o discurso de que o elenco está fechado e garante que o único investimento programado é pela manutenção de Willian.

Robinho foi oferecido informalmente à Raposa e prontamente recusado, segundo os gestores da agremiação. O foco, todavia, é encontrar uma forma de pagamento legal e viável para a permanência de Willian. O diretor de futebol Alexandre Mattos mantém conversas com pessoas ligadas ao Metalist Kharkiv para solucionar a situação.

O Cruzeiro acertou com os ucranianos que pagará € 3,5 milhões (R$ 10,4 milhões) em sete parcelas. A pendência, contudo, é referente à forma de pagamento. O presidente Sergey Kurchenko pediu aos dirigentes que o clube depositasse o montante em conta sediada num paraíso fiscal, o que foi negado por Gilvan de Pinho Tavares.

Willian, portanto, é a preferência da cúpula estrelada, que demonstra otimismo em sua manutenção e sequer cogita a busca pelo ‘Rei das Pedaladas’ neste momento. Os empecilhos para buscar o craque são muitos, entre salários e comissões de empresários.