icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/03/2014
17:47

A uma vitória da classificação à semifinal da Superliga Masculina, o Sada Cruzeiro guarda boas lembranças do palco em que tentará seu próximo triunfo. Foi no Ginásio Chico Neto, em Maringá (PR), onde o time encara o Moda/Maringá nesta quinta-feira, às 18h30, que os comandados de Marcelo Mendez faturaram a Copa Brasil, em janeiro deste ano, após uma batalha contra o Sesi, que terminou num tie-break de 23-21.

Depois de vencer em casa o primeiro jogo dos playoffs por 3 a 0 o Sada só precisa repetir o resultado para avançar. No elenco, há quem veja vantagem em retornar ao ginásio paranaense.

– Vamos jogar em um ginásio em que já estamos um pouco adaptados. Jogamos lá no primeiro turno contra eles e também pela Copa Brasil. Mas temos que jogar bem, não vai ser fácil – afirmou o central Éder.

Graças àquela vitória na decisão da Copa Brasil, os mineiros garantiram vaga no Sul-Americano de Clubes, torneio que faturariam semanas depois, em Belo Horizonte, aumentando a lista de conquistas na temporada para quatro. Além dessas duas, o time faturou o Mundial e o Mineiro. Agora, o foco é na principal disputa do vôlei nacional.

– Precisamos entrar em quadra como jogamos a primeira partida em Contagem. Vamos com tudo para conquistar mais uma vitória e já garantir a classificação, sem precisar do terceiro confronto – completou o jogador.

Do lado do Maringá, o oposto Najari exalta o fator casa. A expectativa do jogador é de público cheio, como tem acontecido durante toda a Superliga.

– Estamos treinando firme todos os dias para encarar o Sada Cruzeiro. Sabemos que eles têm um ótimo time, mas o jogo é no Chico Neto, onde sempre contamos com um apoio muito grande da nossa torcida, e, jogando em casa, vamos com tudo em busca da vitória – garantiu.

O vencedor deste confronto terá pela frente o Vivo/Minas, que já garantiu sua vaga na semifinal ao bater o RJ Vôlei em duas partidas.