icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/11/2014
19:01

O líder Cruzeiro bateu o Botafogo na tarde deste domingo, no Mineirão, e manteve a diferença de cinco pontos para o São Paulo, segundo colocado. A equipe Celeste liquidou a fatura logo no início, com dois gols nos 15 primeiros minutos da partida: Marquinhos e Egídio balançaram as redes. Com a derrota, o Alvinegro, que caiu do 17º para o 18º lugar já na noite de sábado, segue na zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Cruzeiro recebe o Criciúma, no domingo, no Mineirão. Já o Botafogo joga no sábado, contra o Atlético-PR, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

O JOGO

Pensando em fazer valer o fator casa, o Cruzeiro entrou com tudo na partida. E, logo aos quatro minutos, chegou ao primeiro gol. Rodrigo Souto tentou dominar a bola no peito, não conseguiu e acabou ajeitando para Marquinhos. O camisa 34 fez linda jogada e balançou a rede alvinegra.

Apesar de ter aberto o placar, a Raposa continuou em cima. Por isso, 11 minutos depois, ampliou a vantagem. Egídio cobrou falta com perfeição e a bola foi direto para o fundo das redes, passando por cima da barreira. Jefferson sequer se mexeu e apenas olhou a bola entrar. Aos 34 minutos, o técnico Vagner Mancini discutiu com o quarto árbitro e acabou expulso da beira do gramado.

Em desvantagem, o Botafogo até tentou sair mais para o jogo, mas esbarrava nas dificuldades na saída de bola e nos erros de passes. O Cruzeiro trocava passes na defesa e apenas administrava o resultado. Aos 39, Marquinhos pegou rebote da entrada e bateu por cima do gol, fazendo Jefferson ficar atento.

ETAPA MOVIMENTADA

Com menos de um minuto, o Botafogo criou a sua melhor chance na partida. Régis invadiu a área e cruzou. Carlos Alberto se esticou todo, mas não conseguiu finalizar. Um minuto depois, o Cruzeiro respondeu. Éverton Ribeiro levantou na área e Marcelo Moreno, sozinho, tocou de cabeça para fora.

Três minutos depois, a Raposa teve duas chances seguidas, mas parou em Jefferson. Mesmo longe do gol, Marcelo Moreno conseguiu se esticar e chegou cabeceando. Jefferson evitou o terceiro gol. No lance seguinte, Julio Baptista invadiu a área e chutou cruzado. O goleiro alvinegro fez a defesa novamente.

O Cruzeiro seguia mandando na partida. Aos 16, Mayke cruzou na medida para Marcelo Moreno, que estava livre de marcação. Ele subiu e cabeceou a bola na trave. Vinte minutos depois, Dedé subiu sozinho e cabeceou em direção ao gol, obrigando Jefferson a se esticar todo e a fazer uma grande defesa.

Embora administrasse bem o resultado, a defesa do Cruzeiro bobeou e o Botafogo conseguiu descontar. Aos 46, o Alvinegro mandou a bola para a área, Léo tentou cortar e acabou marcando gol contra. Não houvia mais tempo para o empate.

CRUZEIRO 2 X 1 BOTAFOGO

Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data-Hora: 2/1/2014 - 17h (horário de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
Renda e público: R$ 1.807.922,00/Pagantes: 36.004 - Presentes: 37.768 Renda:
Cartões amarelos: Rodrigo Souto, Junior Cesar, Lucas Silva, Marquinhos e Andreazzi
Cartões vermelhos: -

GOLS: Marquinhos (4'/1ºT), Egídio (15'/2ºT) e Léo - Contra (46'/2ºT)

CRUZEIRO: Fábio, Mayke, Dedé, Leo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Everton Ribeiro e Júlio Baptista; Marquinhos e Marcelo Moreno. Téc: Marcelo Oliveira.

BOTAFOGO: Jefferson, Régis, Dankler, Rodrigo Souto e Junior Cesar; Gabriel, Andreazzi, Bolatti e Carlos Alberto; Rogério e Murilo. Téc: Vagner Mancini.