icons.title signature.placeholder Bruno Braz e Rodrigo Ciantar
18/11/2013
19:23

O Vasco bem que tentou, mas já sabe que dificilmente terá Pedro Ken em campo contra o Cruzeiro. Na tarde desta segunda-feira, a diretoria celeste entrou em contato com o clube carioca para dizer que não vai liberar o jogador de graça, somente com o pagamento de multa prevista em contrato. De qualquer forma, as diretorias ainda mantém contatos em busca de um possível acordo.

O primeiro contato foi realizado por intermédio do diretor Ricardo Gomes, logo na manhã desta segunda-feira. A possibilidade de liberação é pequena, mas ainda há uma última cartada: o presidente Roberto Dinamite deverá entrar no circuito para negociar diretamente com o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, e tentar mudar o posicionamento inicial.

- O Ricardo Gomes me ligou a respeito disso, mas só iremos tomar uma posição amanhã (terça-feira). Estamos em negociação e existem várias posições. O presidente do Vasco, Roberto Dinamite, ficou de ligar para o nosso presidente e resolver essa situação pessoalmente. Estamos aguardando esse posicionamento entre eles para só então comunicarmos a decisão - explicou Benecy Queiroz, supervisor de futebol do Cruzeiro.

No primeiro turno, o Gigante da Colina tentou convencer o Cruzeiro a liberar Pedro Ken, mas isto acabou não ocorrendo. Agora, porém, o clube de São Januário acredita num bom senso dos mineiros em virtude deles já terem sido campeões brasileiros.

Pedro Ken pertence ao Cruzeiro e tem contrato de empréstimo com o Vasco até o fim da temporada.