icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/11/2013
22:17

Em entrevista coletiva após o 0 a 0 do Bahia com o Atlético-MG, neste sábado, na Arena Itaipava Fonte Nova, o técnico Cristóvão Borges creditou à ansiedade o fato da equipe chegar ao seu segundo empate consecutivo em casa pelo Campeonato Brasileiro.

- Estamos criando bastante, mas às vezes alguns jogadores ficam ansiosos para finalizar. A chance que tivemos no final (quando Titi obrigou Victor a defender chute à queima-roupa) é a prova de que lutamos muito. Temos de melhorar, mas vamos lembrar que o Grêmio possui um grande poder ofensivo e não faz gol há cinco jogos - declarou.

Após ressaltar que o Bahia enfrentou as melhores equipes do Brasil nas duas rodadas recentes, o treinador procurou um alento pelo tropeço em casa.

- Resultado bom é a vitória, e nós jogamos por isto. No entanto, este ponto conquistado contra uma equipe de qualidade como o Atlético-MG, que foi mais incisivo, pode fazer a diferença lá na frente - disse.

Cristóvão negou que já esteja pensando em lidar com a equipe em uma possível entrada na zona de rebaixamento - caso Vasco e Fluminense vençam seus respectivos compromissos, o Bahia cairá para o décimo-sétimo lugar no domingo.

- Acreditamos que a gente possa não passar por isso. Mas não estamos aproveitando nossas chances - declarou.

O técnico agradeceu à torcida, por ter comparecido em peso na noite deste sábado na Fonte Nova.

- Obrigado, em nome do clube, por todos terem vindo. Vamos precisar muito do apoio deles nestes últimos jogos - previu.