icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/02/2015
09:49

Cristiano Ronaldo voltou ao time titular do Real Madrid na partida contra o Atlético, no Vicente Calderón. Diante do passeio dos donos da casa, pouco se viu a presença do português em campo. Mas ele se fez notar horas depois, na comemoração de seu 30º aniversário. Mas a festa quase foi cancelada. De acordo com o "Mundo Deportivo", o presidente Florentino Pérez, incomodado, tentou brecar os festejos, depois da goleada sofrida.

Mas nem Cristiano Ronaldo ficou totalmente feliz. Fotos da festa, que foi para apenas 150 convidados, vazaram na internet, o que deixou o craque furioso.

- É muito difícil ser Cristiano. Ele está muito magoado com as imagens que saíram de seu aniversário. Era uma festa privada", disse Jorge Mendes, agente do jogador, em entrevista à emissora Cadena SER.

E MAIS
- Jovem prodígio, Odegaard estreia pelo time B do Real Madrid com empate
- Cobiçado pelo Real, De Gea inicia conversas para renovar com United

O empresário revelou ainda que CR7 não cancelou sua festa a pedido do presidente porque seus familiares já estavam na capital espanhola para a comemoração.

- Não se planejou suspender a festa de aniversário porque tinha em Madrid toda a sua família, ainda que estava incomodado e destroçado pela derrota sofrida contra o Atlético - comentou.

Jorge Mendes ainda falou sobre a má atuação do camisa 7 do Real e disse que as pessoas ficaram mal acostumadas com as constantes boas partidas dele.

- Cristiano acostumou muito mal as pessoas de que 99% de suas atuações são boas. As pessoas devem o ajudar. É o melhor profissional do mundo, um exemplo e vai superar isso.