icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/11/2014
18:06

A fase de Mesut Özil é das piores dentro e fora de campo. Machucado após um começo de temporada abaixo da crítica, o meia do Arsenal se separou da namorada e agora está sendo processado pelo próprio pai. Neste último caso, porém, ele não deixou por menos e fez o mesmo com o parente.

De acordo com o jornal alemão "Bild", Mustafa Özil reclama que tem 630 mil euros (R$ 2,015 milhões) a receber do próprio filho em comissões por ter ajudado-o a fechar contratos de patrocínio e marketing. Mesut, por sua vez, ao saber do processo, exigiu que seu pai pagasse um milhão de euros (R$ 3,19 milhões) que lhe foi emprestado e devolvesse um carro que o acompanhava.

A ruptura entre pai e filho se deu em outubro de 2013, quando Özil demitiu Mustafa, que era seu agente pessoal e presidente da companhia criada para gerir a imagem do jogador alemão. Os dois haviam sido chamados para depor na Alemanha nesta terça-feira, mas a Justiça alemã cancelou o compromisso. O atual representante de Mesut é seu irmão Mutlu.