icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/11/2013
20:10

A passagem do meia-atacante Vitor Júnior pelo Coritiba durou apenas 16 jogos ou menos de três meses sem nenhum gol. Nesta quarta-feira, o jogador confirmou ter sido dispensando pelo Coxa, clube pelo qual estava emprestado até o fim desta temporada, após não ter tido um pedido acatada pela diretoria do clube paranaense. Ele pretendia passar a semana com a sua mãe, que sofreu um acidente vascular cerebral (AVC), no último domingo.

Vitor Júnior já não poderia enfrentar o Internacional neste domingo, pois o Colorado repassou o empréstimo que tinha do meia-atacante ao Coritiba e, pelo acordo feito entre os clubes, ele não poderia enfrentar a equipe pela qual iniciou a temporada. Com isso, ele pediu para ficar próximo da mãe durante a semana. O Coritiba não aceitou e aproveitou para dispensá-lo.

– Realmente foi uma surpresa este meu desligamento neste momento de reta final de Campeonato Brasileiro. Infelizmente minha mãe teve um grave problema de saúde e solicitei alguns dias para ficar próximo dela em Porto Alegre. Como não poderia jogar no domingo, pedi esta dispensa. Estou mesmo sem muita cabeça para pensar nisso agora e só tenho que acatar – disse o jogador, através da sua assessoria de imprensa.

Vitor Júnior ainda garantiu que torcerá pelos seus agora ex-companheiros do Coritiba, já que o time luta contra o rebaixamento no Brasileirão – o Coxa é o 17º colocado com 41 pontos.

– Certamente estarei torcendo por meus companheiros tirarem o Coritiba desta delicada situação. Queria poder ajudar em campo, mas agora ficarei de fora com pensamentos positivos – completou.

Vitor Júnior, em um primeiro momento, retornará ao Corinthians, clube com o qual tem contrato até dezembro de 2015. Ele chegou ao clube paulista para a temporada de 2012 após se destacar pelo Atlético-GO, mas foi emprestado ao Botafogo após realizar apenas sete jogos pelo Alvinegro do Parque São Jorge. Na sequência, vieram os empréstimos para Internacional e Coritiba.