icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/07/2013
20:23

 Coritiba e Atlético-PR entram em campo, neste domingo, às 16h, no Couto Pereira, em situações opostas no Campeonato Brasileiro. O Coxa, segundo colocado, pode voltar à liderança do Brasileirão, caso vença o arquirrival, no jogo que representa a 50ª partida do técnico Marquinhos Santos à frente da equipe Alviverde - último time invicto da competição.

 Já o Rubro-Negro está na penúltima posição da competição, mandou o treinador Ricardo Drubscky embora durante a semana, e trouxe Vagner Mancini para o cargo. Entretanto, quem comanda a equipe no Atletiba, é o auxiliar Alberto Valentim, que tem a árdua missão de buscar os três pontos em campo inimigo e afastar o Furacão da zona de rebaixamento.
 
 Atacantes liberados

 O Coritiba pode contar com o retorno de Keirrison, no banco do time. O K9 treinou bastante durante a semana e é opção para Marquinhos Santos no ataque do Coxa.

- Não vou fingir que não existe ansiedade, que eu não penso no retorno. É claro que quero voltar jogar logo, mas estou muito tranquilo, sei que preciso voltar aos poucos para adquirir ritmo de jogo e confiança. Estou trabalhando muito, e só de saber que existe a possibilidade de eu ser convocado já fico feliz - disse o jogador, em entrevista publicada no site oficial do clube

Além do artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2008, o angolano Geraldo teve o contrato renovado, viu seu nome ser divulgado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF, e pode voltar ao Alviverde, já no clássico de domingo.

 Rubro-Negro deve entrar com o mesmo time

O Furacão viveu uma semana bastante turbulenta. A queda de Drubscky, a promessa de um treinador de topo para o seu lugar, proferida pelo diretor de futebol do clube Antõnio Lopes, e a consequente contratação de Vagner Mancini, agitaram a preparação do Atlético para o clássico.
Alberto Valentim comandará interinamente a equipe no domingo, após cursos e estágios com alguns dos melhores profissionais do Brasil, como Adilson Batista, Abel Braga e Felipão, chegou a hora de colocar os conhecimentos à prova.

- O torcedor pode ter certeza que será uma equipe muito aguerrida, concentrada nos 90 minutos. Será um time organizado e marcando forte quando não estiver com a bola. E com a posse de bola, vamos procurar jogar, achar o melhor companheiro. Os jogadores sabem que é um jogo diferente. - disse o interino.
 
Valentim não divulgou a equipe que jogará o Atletiba. No entanto, o auxiliar não deve fazer grandes mudanças em relação ao time que empatou com o Grêmio, no último sábado, na Vila Capanema.   


 Coritiba e Atlético-PR entram em campo, neste domingo, às 16h, no Couto Pereira, em situações opostas no Campeonato Brasileiro. O Coxa, segundo colocado, pode voltar à liderança do Brasileirão, caso vença o arquirrival, no jogo que representa a 50ª partida do técnico Marquinhos Santos à frente da equipe Alviverde - último time invicto da competição.

 Já o Rubro-Negro está na penúltima posição da competição, mandou o treinador Ricardo Drubscky embora durante a semana, e trouxe Vagner Mancini para o cargo. Entretanto, quem comanda a equipe no Atletiba, é o auxiliar Alberto Valentim, que tem a árdua missão de buscar os três pontos em campo inimigo e afastar o Furacão da zona de rebaixamento.
 
 Atacantes liberados

 O Coritiba pode contar com o retorno de Keirrison, no banco do time. O K9 treinou bastante durante a semana e é opção para Marquinhos Santos no ataque do Coxa.

- Não vou fingir que não existe ansiedade, que eu não penso no retorno. É claro que quero voltar jogar logo, mas estou muito tranquilo, sei que preciso voltar aos poucos para adquirir ritmo de jogo e confiança. Estou trabalhando muito, e só de saber que existe a possibilidade de eu ser convocado já fico feliz - disse o jogador, em entrevista publicada no site oficial do clube

Além do artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2008, o angolano Geraldo teve o contrato renovado, viu seu nome ser divulgado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF, e pode voltar ao Alviverde, já no clássico de domingo.

 Rubro-Negro deve entrar com o mesmo time

O Furacão viveu uma semana bastante turbulenta. A queda de Drubscky, a promessa de um treinador de topo para o seu lugar, proferida pelo diretor de futebol do clube Antõnio Lopes, e a consequente contratação de Vagner Mancini, agitaram a preparação do Atlético para o clássico.
Alberto Valentim comandará interinamente a equipe no domingo, após cursos e estágios com alguns dos melhores profissionais do Brasil, como Adilson Batista, Abel Braga e Felipão, chegou a hora de colocar os conhecimentos à prova.

- O torcedor pode ter certeza que será uma equipe muito aguerrida, concentrada nos 90 minutos. Será um time organizado e marcando forte quando não estiver com a bola. E com a posse de bola, vamos procurar jogar, achar o melhor companheiro. Os jogadores sabem que é um jogo diferente. - disse o interino.
 
Valentim não divulgou a equipe que jogará o Atletiba. No entanto, o auxiliar não deve fazer grandes mudanças em relação ao time que empatou com o Grêmio, no último sábado, na Vila Capanema.