icons.title signature.placeholder Bruno Andrade e Rodrigo Vessoni
27/11/2013
16:12

Funcionários do Corinthians e da Odebrecht fizeram uma análise preliminar a respeito do acidente na Arena e chegaram a um primeiro veredicto quanto aos reparos: o conserto deverá levar cerca de dois meses para ser efetuado e não interromperá as obras que estão sendo realizadas no restante do estádio.

A previsão de acabamento da casa corintiana, que ficaria pronta em dezembro deste ano, portando, não será cumprida. A Arena foi escolhida pela FIFA como a sede de São Paulo para a Copa do Mundo no Brasil e, a princípio, ainda abrigará a partida inaugural do Mundial a ser realizada no dia 12 de junho de 2014.

No início da tarde desta quarta-feira, um guindaste caiu sobre o painel de led e deixou ao menos dois mortos, além de arrastar veículos que estavam do lado de fora do local. A máquina, que pertence à construtora Odebrecht Infraestrutura, é a maior do país e tem 1.500 toneladas.

Exclusivo! Imagens da Arena Corinthians logo após o desabamento