icons.title signature.placeholder Felipe Bolguese e Rodrigo Vessoni
06/06/2014
07:30

Jogador que mais entrou em campo pelo Corinthians desde 2013. Identificação com a torcida, regularidade e expectativa de vestir a camisa da Seleção Brasileira após a Copa. Tudo isso faz o zagueiro Gil ser valorizado pela diretoria do clube. Com mais um ano e meio de contrato, que acaba no fim de 2015, o camisa 4 deve renovar o vínculo nas próximas semanas.

– Nós já manifestamos ao representante do Gil que o Corinthians quer fazer um novo contrato, ampliando seu vínculo com o clube e destacando seu papel importante na equipe – disse o diretor de futebol alvinegro, Ronaldo Ximenes, ao LANCE!Net.

Gil, que recebe na casa dos R$ 150 mil mensais, foi contratado no início do ano passado do Valenciennes, da França, por cerca de R$ 9,4 milhões. O próprio entende que este é o momento para que os valores sejam revistos. Recentemente, seu empresário, Carlos Leite, negociou a chegada de outro zagueiro, Anderson Martins, do Al-Jaish. Martins recebe cerca de R$ 600 mil mensais e o Timão avisou que não poderia trazê-lo nesse patamar, principalmente porque o salário de Gil ficaria defasado. Neste momento, a questão salarial impede que um chegue e causa saia justa com a situação de outro no elenco.

Logo que chegou, o zagueiro ganhou espaço porque o então titular Chicão recuperava-se de cirurgia. Desde então, ele formou a zaga com Paulo André e, neste momento, tem a parceria de Cleber no setor.

No ano passado, o Timão foi a melhor defesa do Brasileirão e Gil foi apontado como um dos grandes responsáveis pelo sucesso da equipe. No meio do ano, ele chegou a receber sondagens de alguns clubes da Europa. Cogitou-se que o Barcelona (ESP) poderia fazer uma proposta, mas nada oficial chegou aos seus representantes até o momento.

Férias em Miami (EUA)
Na pausa para a Copa, os jogadores do Corinthians estão de férias até o dia 16 de junho, quando se reapresentam para um período de treinamentos em Extrema (MG). Há três dias, Gil postou uma foto no Instagram com a esposa na frente do American Airlines Arena, ginásio do Miami Heat, da NBA. O time de Miami está na decisão da liga contra o San Antonio Spurs e vai jogar em casa apenas na terça-feira da próxima semana.