icons.title signature.placeholder Lucas Faraldo Knopf
18/06/2014
20:03

A diretoria do Corinthians segue negociando com o Atlético-PR pela contratação de 50% dos direitos econômicos do atacante Marcelo. Após o Furacão fechar a pedida em cinco milhões de euros (cerca de R$ 15 milhões), os dirigentes do Timão adotaram "caráter sigiloso", visando um desfecho positivo para o clube do Parque São Jorge.

– Mantemos toda as informações sobre o Marcelo em caráter sigiloso, sobre risco de prejudicar o negócio – comentou Ronaldo Ximenes, diretor de futebol do Corinthians, em rápida conversa com a reportagem do LANCE!Net.

– A cautela sempre é fundamental. Mas continuamos lutando para um final feliz – acrescentou o dirigente.

Disposto a pagar o valor pedido pelo Atlético-PR, o Timão corre para fechar os detalhes da transação antes do reinício do Campeonato Brasileiro. Além da forma de pagamento, que deve ser firmada em três ou quatro parcelas semestrais, outro ponto a ser decidido diz respeito a exigências do jogador.

Além do Corinthians, grupos de investidores também já desmonstraram interesse pelo jogador. Atualmente, o Atlético-PR é detentor de 90% dos direitos econômicos de Marcelo. Os outros 10% pertencem a demais investidores.

Marcelo é sonho antigo da diretoria do Corinthians. Após o fim do último Campeonato Brasileiro, quando o atacante foi premiado como revelação do torneio, a diretoria do Timão já havia tentado comprá-lo.