icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/03/2014
19:14

Juvenal Juvêncio vai deixar a presidência do São Paulo com todas as contas aprovadas. A de 2013, última prestação de seu mandato, passou pela análise do Conselheiro Deliberativo do clube na última quinta-feira e apenas um conselheiro votou contra os números, no total de 120. O superávit da temporada passada foi de R$ 23,5 milhões.

O maior combustível do caixa do Tricolor foi a venda do meia Lucas ao Paris Saint-Germain (FRA) por cerca de R$ 110 milhões. Boa parte do dinheiro foi usado para quitar dívidas do clube com bancos.

A situação do São Paulo comemorou o sucesso na apresentação dos números. Sobretudo porque desde 2006, quando Juvenal foi eleito presidente, as contas têm fechado no azul. No mês que vem, o atual presidente deixa o cargo e dará lugar a Carlos Miguel Aidar, seu candidato, ou Kalil Rocha Abdalla, que concorre pela oposição à maior cadeira do São Paulo. As eleições ainda não têm data exata para acontecer.