icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/12/2013
08:31

Cinquenta dias depois da reunião do Conselho Deliberativo que inocentou a ex-presidente Patricia Amorim sobre o caso das contas de 2011, as atas da votação foram aprovadas na noite de quarta-feira. Com isto, não há mais a possibilidade de conselheiros recorrerem da decisão para a mandatária ser punida.

Além de Patricia Amorim, foram inocentados pelo Conselho Deliberativo o ex-vice-presidente de finanças, Michel Levy, o ex-presidente do Conselho Fiscal, Leonardo Ribeiro, e o ex-controller da contabilidade, William Pereira.

Na época, os quatro envolvidos foram acusados pela Comissão Jurídica do Conselho Deliberativo de terem relação com os iniciais R$ 7 milhões de gastos não comprovados. Estes valores foram diminuindo com o passar da investigação e todos foram absolvidos pelos conselheiros com 170 votos contra o parecer e 133 a favor.

RELEMBRE!
> Deliberativo do Flamengo inocenta Patricia Amorim e outros três envolvidos
> Contas de 2011 são reprovadas e Comissão de Inquérito é aberta no Fla