icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/04/2014
10:11

Jogador mais experiente do Grêmio, Zé Roberto está de volta ao time. Depois de mais de um mês, voltará a desfilar pelos gramados. O camisa 10 é o termômetro da equipe gremista, segundo os companheiros, e é muito exaltado. Além de sua qualidade, experiência e leitura de jogo o tornam muito valorizado.

Depois de se recuperar de uma lesão no tornozelo esquerdo, Zé Roberto será escalado centralizado no meio-campo. O meia terá Dudu pela esquerda e Riveros pela direita como companheiros. Ele é determinante até mesmo no estilo de marcação do Tricolor.

- O Zé é muito importante, dá um respiro para a gente. Ele segura a bola para a gente ali de trás poder ter um respiro e até subir mais a marcação - comentou o lateral-direito Pará.

Além do peso para os colegas, o camisa 10 também impacta nos adversários, que olham para ele de maneira diferente, por conta do currículo fora do Brasil e na Seleção Brasileira. O meia de 39 anos foi referência nas temporadas passadas e no início de 2013 teve até sua convocação cogitada.

- Sabemos do peso que ele tem até com o adversário, de olhar de maneira diferente. Ajuda no jogo, tem uma leitura muito boa, quando tem que acelerar ou segurar. Todos os jogadores que entraram deram conta quando ele estava fora, o Grêmio tem um grupo forte - comentou o zagueiro Bressan.

O Tricolor está confirmado para o jogo deste domingo, contra o Furacão, em Santa Catarina, com Marcelo Grohe; Pará, Bressan, Pedro Geromel e Breno; Edinho, Ramiro, Riveros, Zé Roberto e Dudu; Barcos. O jogo será no Orlando Scarpelli por conta de punição aos paranaenses.