icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/07/2014
22:29

O Bahia conseguiu o efeito suspensivo, até que o recurso seja julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e poderá contar com a sua torcida pela 12º rodada do Brasileirão, na Arena Fonte Nova, neste sábado, contra o Internacional. Com apenas nove pontos ganhos a equipe está na 16º colocação na competição à beira da zona de rebaixamento e procura uma recuperação após oito jogos sem vencer. Já os gaúchos procuram a primeira vitória fora de casa.

O técnico Marquinhos Santos ganhou um reforço na sexta-feira. O atacante Kieza foi regularizado na CBF e fica livre para fazer sua estreia com a camisa do Bahia. O jogador vem agradando o treinador e deve inclusive ser titular na partida contra Inter, já que Maxi ficou de fora, com amigdalite, e Marcos Aurélio não pode atuar, por ainda ter vínculo com os gaúchos.

Enquanto a escalação de Henrique ou Rhayner ao lado de Kieza é a dúvida, o retorno do lateral-direito Roniery é certeza. O jogador fica à disposição novamente após ter se ausentado na Copa do Brasil, por já ter jogado a competição pelo Paraná.

O Bahia, porém, não tem o melhor dos rendimentos como mandante. Contabiliza derrotas para Cruzeiro, São Paulo, Santos e Fluminense como mandante. Só que o Colorado ainda não venceu como visitante - tem quatro empates e uma derrota.

PARA VENCER A PRIMEIRA

Depois da goleada sobre o Flamengo, no Beira-Rio, o Internacional tenta engatar uma sequência e vencer a primeira fora de casa. O clube gaúcho, por mais paradoxal que possa parecer, comemorou a presença de torcida na Fonte Nova.

Durante a semana, o meia Alex afirmou que o jogo ficava com clima semelhante a de um amistoso sem a presença dos torcedores. Além disso, o Colorado quer usar a fase ruim do rival para aumentar a pressão vinda das arquibancadas.

- Estou até gostando que tenha público, conheço a torcida do Bahia, amam futebol, não sei se no país existe tanto campo de pelada como em Salvador. Mas estão em uma situação difícil. Torcedor é assim. Este jogo temos que ter uma leitura grande do jogo e do adversário, mas sabemos que vamos encontrar uma dificuldade enorme. Mas estamos preparados - destacou Abel Braga.

O Internacional terá o retorno do meia Alex para o confronto. Sem poder contar com Aránguiz, com dores no joelho direito, o técnico Abel Braga reconduziu o camisa 12 ao time na vaga do chileno, que entrou mais adiantado já contra o Flamengo. No restante, a equipe não terá mudanças. Outras duas opções para o confronto, Valdívia e Jorge Henrique estão machucados e também serão baixas para o jogo em Salvador.

FICHA TÉCNICA

BAHIA X INTERNACIONAL

Local: Estádio da Fonte Nova - Salvador (BA)
Data-hora: 26/07 - 21h00
Árbitro: Héber Roberto Lopes (FIFA-SC)
Auxiliares: Kleber Lúcio Gil (FIFA-SC) e Carlos Berkenbrock (SC)

BAHIA: Marcelo Lomba; Diego Macedo, Demerson, Titi e Guilherme Santos; Fahel, Uelliton, Léo Gago e Emanuel Biancucchi; Rhayner (Henrique) e Kieza - Técnico: Marquinhos Santos

INTER: Dida; Wellington Silva, Paulão, Juan e Fabrício; Willians, Wellington, D'Alessandro, Alan Patrick e Alex; Rafael Moura - Técnico: Abel Braga.