icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/11/2013
08:07

Durante a tarde da última quinta-feira o Corinthians deu seu primeiro passo para o planejamento 2014. Apesar de ter definido a saída do técnico Tite e a chegada de Mano Menezes para seu lugar, a diretoria alvinegra tem muito que resolver até a virada do ano.

De olho nos preparativos do Timão para a temporada que vem, o LANCE!Net listou os assuntos pendentes para começar o ano com o pé direito. Os "pepinos" pela frente passam por elenco, pré-temporada, Arena Corinthians e até os nomes que administrarão o dia a dia do CT Joaquim Grava.

Confira o que ainda precisa ser resolvido:

Elenco
Com a ideia de reformular o grupo alvinegro, a diretoria vai ter de correr para se livrar de medalhões ainda contratar caras novas. Como a indefinição de quem será o novo técnico do Corinthians em 2014 continuava até então, as negociações com jogadores observados ao logo de 2013 ficaram paradas. Com Mano Menezes entre as conversas, as tratativas devem esquentar nas próximas semanas. Jogadores como Emerson, Danilo, Pato, Douglas, Ibson e Julio Cesar devem deixar o Parque São Jorge.

Pré-temporada
Sem chances de cair no Brasileirão, Timão precisará planejar férias e retorno de atletas para a pré-temporada. Até então, nada foi definido. Existe a chance de alguns jogadores serem liberados mais cedo, justamente para retornar antes do descanso. O Paulistão começa no dia 18 de janeiro.

Arena Corinthians
Na reta final das obras, falta ver quando e contra quem será a inauguração. O Corinthians ainda estuda possíveis rivais para fazer uma festa na sua nova casa. Assuntos como logística, remanejamento de venda de ingressos e instalações também prometem dar um trabalhão até o funcionamento normal do local. A expectativa do Timão é mandar as partidas na nova casa já durante o campeonato estadual.

Diretoria de futebol
Como o diretor de futebol Roberto de Andrade deve deixar o cargo para se preparar somente para as campanhas presidenciais, para tentar suceder Mário Gobbi em fevereiro de 2015, algumas lacunas ficarão abertas na diretoria de futebol. Com a mudança, Duílio Monteiro Alves, atual diretor adjunto, pode tomar a vaga de Andrade. O clube precisaria anunciar uma nova pessoa para o cargo vago. Edu Gaspar, gerente de futebol e que teve problemas com Mano Menezes ainda como jogador, entre 2009 e 2010, também não está garantido para 2014.