icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/07/2014
10:07

Mesmo sem jogos oficiais por conta da Copa do Mundo, as últimas semanas no Flamengo foram de muito trabalho. O técnico Ney Franco aproveitou a paralisação do Campeonato Brasileiro e intensificou os treinamentos rubro-negros, visando a tirar o clube da 19ª posição da competição.

Logo na reapresentação após as férias, o Flamengo viajou para Atibaia, no interior de São Paulo, para colocar o time em regime de concentração e melhorar a parte física, bem contestada nos cinco jogos em que Ney Franco já comandou desde que retornou à Gávea. O trabalho fora do Rio de Janeiro foi elogiado por atletas e comissão técnica, garantindo bons frutos para a sequência do planejamento.



E MAIS!
> Com problemas financeiros, presidente do Fla pede calma à torcida
> Presidente do Flamengo não reconhece Beckham no Maracanã
> Fla não lucrou nem R$ 3 milhões por venda de promessa para a Itália

L!TV:
> Samir mostra habilidade e deixa Negueba na saudade


No retorno aos treinos no Ninho do Urubu, Ney Franco programou cinco jogos-treinos para dar um ritmo parecido ao de uma partida oficial aos jogadores. Os titulares disputaram dois jogos inteiros e os reservas outros dois. Em um jogo, cada grupo ficou em campo 45 minutos.

O primeiro jogo-treino foi contra o Tupi/MG e o Flamengo perdeu por 4 a 2. Foi o primeiro teste da equipe no esquema 3-5-2, que de acordo com Ney Franco será repetido na sequência do Brasileiro. No segundo, o Rubro-Negro goleou por 5 a 0 o Sindicato dos Atletas do Rio. Na sequência, vitórias apertadas: 2 a 1 diante do Madureira, 2 a 0 contra o Campo Grande e 1 a 0 com o Nova Iguaçu.


Flamengo venceu o Nova Iguaçu em jogo-treino (Foto: Ilvan de Souza / Flamengo)

Por ora, o trabalho de preparação chega ao fim, já que na quarta-feira o Flamengo enfrenta o Atlético-PR, em Macaé, pela décima rodada do Brasileiro. E para Ney Franco, o importante é voltar vencendo.

– O primeiro detalhe é voltar vencendo. Precisamos montar a equipe, lutar pelos três pontos o tempo todo e creio que voltamos com definições mais claras em cada setor do campo. Não tivemos nenhum problema nessa parada. Conseguimos passar por essa fase de treinamento e vamos para o jogo com os jogadores inteiros.

Sem projeções na volta do Brasileiro

Antes do início do Campeonato Brasileiro, alguns jogadores, como o zagueiro Wallace, projetaram metas até a parada para a Copa, que no fim das contas não foram cumpridas. Agora, de acordo com o técnico Ney Franco, isso não será feito.

– Não desenvolvemos nenhum projeto e como foi falado precisamos somar o máximo de pontos. Nosso grande desafio é recuperação dentro do torneio. Esse é o objetivo. Viver cada jogo. Não desenvolvi nenhuma meta curta com os atletas, estamos olhando o primeiro jogo.