icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/04/2014
15:37

Vivendo uma temporada para ninguém colocar defeito, Emanuel esbanja motivação para disputar o Circuito Mundial de Vôlei de Praia pela 21ª vez em sua carreira. Aos 41 anos, o veterano, recordista mundial nas areias, busca o 11º título no torneio. A disputa começa na madrugada desta quarta-feira, na arena de Mianjiang Riverside Park, em Fuzhou, na China.

Ao lado do parceiro Pedro Solberg, o atleta vem de conquistas em cinco das nove etapas do Circuito Banco do Brasil, além do bronze no Super Praia e nos Jogos Sul-Americanos, e do vice-campeonato no Rei da Praia. No ano passado, ele ficou fora da briga pelo ouro por causa de uma lesão de Alison, seu parceiro na época. De volta ao torneio, ele garante disposição máxima.

– Estou me sentindo bem, com a motivação e a vontade de um garoto. É início de temporada internacional e isso mexe comigo, é mais um desafio. Temos objetivos e vamos em busca deles. Nosso time está numa sequência boa de resultados, mantendo uma regularidade de pódios, de chegar entre os primeiros, decidindo títulos, e isso é fundamental – disse o campeão olímpico.

Emanuel carrega no currículo os títulos do Circuito Mundial nas edições de 2011, 2007, 2006, 2005, 2004, 2003, 2001, 1999, 1997 e 1996. Em torneio internacionais, leva a incrível marca de 152 conquistas. Isso sem falar das três medalhas olímpicas: o ouro em Atenas-2004, a prata em Londres-2012 e o bronze em Pequim-2008).

– Vai ser um ano duro. O Circuito, a cada ano que passa, fica mais equilibrado, novas duplas aparecem e precisamos estar bem preparados física e mentalmente para tudo. O foco está todo aqui, em Fuzhou, em conseguir um grande resultado – garantiu.