icons.title signature.placeholder Gabriel Carneiro
09/07/2014
20:11

Os representantes do volante Guilherme ainda não resolveram detalhes da transferência do jogador à Udinese, da Itália, e o desfecho da negociação ainda não foi anunciado. O jogador conversa sobre salários, tempo de contrato e plano de carreira no futebol italiano, enquanto o Corinthians aguarda com ansiedade, já que o lucro será utilizado para quitar 75% do valor de entrada dos direitos do atacante Marcelo, do Atlético-PR.

Uma negociação não é dependente da outra, mas o Timão não tem a intenção de pegar empréstimos para trazer esse reforço. No início da negociação, ainda em junho, um grupo de empresários se ofereceu para bancar a contratação e repassá-la ao Timão, que recusou a iniciativa. A ideia ainda é pagar os 5 milhões de euros (R$ 15 milhões) sem apoio e ficar com os 50% dos direitos econômicos.

Nesta quarta-feira, Guilherme foi ao campo do CT Joaquim Grava, mas ficou sentado no banco, agasalhado, e não atuou no jogo-treino. Até Mano Menezes já se "despediu" do volante, que treina à espera do capítulo final da novela. A Udinese pagará R$ 4,5 milhões pelos 30% que o Corinthians detém dos direitos.

Apesar do compromisso de pagar a entrada de 2 milhões de euros (R$ 6 milhões) até o fim da semana, o Corinthians não avançou nas conversas. Pablo Miranda, empresário de Marcelo, está na Europa a trabalho, mas nada referente ao atacante de 22 anos de idade.