icons.title signature.placeholder Vitor Pimenta
23/12/2013
09:57

Como já era previsto, pelo veto da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Conca desembarcou ao Rio de Janeiro na manhã desta segunda-feira sem uma grande recepção no Aeroporto do Galeão. O argentino, ídolo do Fluminense, chegou na cidade por volta das 7h37 e ficou no aeroporto até às 9h, onde resolveu trâmites .

O jogador foi recepcionado por três integrantes do Departamento de Marketing do Fluminense, que gravaram um vídeo com a chegada principal reforço tricolor para a próxima temporada, que deve ser divulgado nas próximas horas, e sequer foi visto pela imprensa no local. O jogador deixou o aeroporto em uma van, disponibilizada pela própria Infraero.

- Ele está tranquilo, fez um bom voo e esta em uma expectativa muito grande para reencontrar o torcedor do Fluminense. Acredito que não terá problemas para se readaptar ao futebol brasileiro e vem em um clima muito legal para 2014 - disse o gerente de marketing do Fluminense, Alexandre Vasconcelos.

A apresentação do argentino será feita somente no ano que vem. O contrato de Conca com o Guangzhou Evergrande (CHN) termina no dia 7 de janeiro e o clube já confirmou que o jogador vestiará a camisa tricolor novamente no dia 8, mas ainda não decidiu o local. As opções são Maracanã ou na sede oficial do clube, nas Laranjeiras.

A grande recepção da torcida tricolor foi vetada devido a um problema de estrutura do Galeão, que está passando por obras e, por ser uma data em que a movimentação de passageiros no local é intensa, a Infraero proibiu qualquer tipo de festa no local. O receio, era que a confusão causada pela torcida do Botafogo na chegada de Seedorf em julho do ano passado, se repetisse.