icons.title signature.placeholder Guilherme Cardoso
18/03/2014
00:01

Ao fim do penúltimo dia dos Jogos Sul-Americanos do Chile, o Brasil está em clima de festa. A melhor campanha na competição já está assegurada, tanto no número de medalhas de ouro, quanto no total. O que a delegação brasileira ainda quer é chegar ao número de 100 láureas douradas, e faltam apenas duas.

Com poucos modalidades restantes, os brasileiros brilharam na vela e na esgrima nesta segunda-feira. Foram cinco conquistas no primeiro e mais duas no segundo.

Nesta terça, o Brasil tem chances de conquistas em: boxe, taekwondo, ginástica rítmica e tiro. Entre os boxeadores, a expectativa é por um bom resultado de Robson Conceição, na final da categoria até 60kg. Vice-campeão mundial, ele é a estrela da Seleção Brasileira após a saída dos irmãos Esquiva e Yamaguchi Falcão.

Ao fim do dia, o Brasil ficou com 98 medalhas de ouro, 64 de prata e 70 de bronze, sendo 232 no total.

Confira as medalhas do Brasil nesta segunda-feira nos Jogos Sul-Americanos:

- Ouro
Equipe masculina do florete da esgrima
Equipe feminina da espada da esgrima
Equipe mista na prova de 3km da maratona aquática
Equipe na classe J/24 da vela
Equipe na classe snipe da vela
Equipe masculina de futsal
Angélica Kvieczynski, no individual geral da ginástica rítmica

- Prata
Matheus Dellagnelo, na classe laser standard da vela
Natália Gaudio, no individual geral da ginástica rítmica

- Bronze
Fernanda Coelho na classe laser radial da vela
Equipe na classe lightning da vela
Iris Tang Sing, na categoria até 49kg do taekwondo

*O repórter viaja a convite do COB