icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/04/2014
23:33

Cristovão Borges está no comando do Fluminense há apenas uma semana e já teve que encarar uma decisão para evitar uma eliminação precoce na Copa do Brasil. A primeira grande mudança do treinador foi desfazer o esquema com três volantes utilizado por Renato Gaúcho e colocar Wágner para jogar ao lado de Conca na armação da equipe. A alteração tática surtiu efeito, o Tricolor goleou o Horizonte (CE) por 5 a 0 nesta quinta-feita, no Maracanã e segue vivo na competição. Perguntado se pretende manter a escalação com dois meias, Cristovão deu a entender que sim.

- A princípio essa é a tendência sim (manter o esquema). O time tem uma característica ofensiva e para jogar assim tem que ter equilíbrio. Acho que conseguimos, mas ainda não é o parâmetro que precisamos e podemos evoluir e todos sabem que podem mais. Eles querem isso. Estou contente, porque em pouco tempo foi tudo muito assimilado. Fizemos um jogo com coisas boas e que ainda podemos desenvolver. - analisou o treinador.

Na próxima fase da Copa do Brasil, o Fluminense enfrentará o Tupi, de Juiz de Fora. A CBF ainda não divulgou as datas dos confrontos da próxima fase. Já no Campeonato Brasileiro, o Flu estreia diante do Figueirense, no dia 19 de abril, no Maracanã. 

De gala! Cristovão estreia com goleada e classificação do Flu