icons.title signature.placeholder João Pires
08/11/2013
13:22

A sexta edição do Novo Basquete Brasil (NBB), principal competição de clubes do basquete brasileiro, foi apresentada nesta sexta-feira, em evento na HSBC Arena, no Rio de Janeiro. O jogo de abertura do torneio, entre Uniceub/Brasília e Flamengo, será no mesmo local, neste sábado, às 10h.

Primeiro presidente da Liga Nacional de Basquete (LNB), entidade que organiza o NBB, e atual diretor de relações institucionais, Kouros Monadjemi destacou em um curto pronunciamento a evolução do basquete nacional após as seis edições da competição.

- O NBB começou de uma maneira tímida, mas seguiu com toda a força. O que tornou a competição uma realidade foi a sensibilidade de todos para a união entre os clubes. A liga nunca esteve tão unida e isso é fundamental para o sucesso. Vamos fazer um NBB 6 maravilhoso, tenho certeza - falou o dirigente da LNB.

Este ano, o NBB vai contar com 17 equipes (veja quem são abaixo). O sistema de disputa será o mesmo, ou seja, todos jogam entre si em turno e returno e em seguida os 12 melhores colocados avançam de fase, sendo que os quatro primeiros vão automaticamente para as quartas de final, enquanto os outros oito competem pelas vagas restantes nas quartas.

A novidade será o rebaixamento. Os dois últimos colocados serão automaticamente rebaixados este ano. O campeão da Divisão de Acesso (espécie de segunda divisão), que terá sua primeira edição, se classifica para o NBB 7.

Clássico estratégico na estreia

Flamengo e Brasília farão a estreia do NBB 6, neste sábado. As duas equipes são as principais atrações do basquete nacional e já disputaram duas finais do NBB (em 2008/2009 e 2009/2010), com uma vitória para cada lado.

- É um clássico histórico. É muito bom um jogo como este para iniciar o torneio. Espero uma grande competição este ano e os dois times chegam com a mesma pretençã, que é ser campeão. Esse tipo de clássico faz o basquete brasileiro crescer - comemorou o Arthur Belchor, ala do Brasília que é recordista de jogos no NBB.

O diretor Kouros Monadjemi admitiu no evento que o clássico na estreia foi uma estratégia da liga.

- A torcida brasileira ainda não conhece muito o basquete. Esse clássico no princípio é sim uma estratégia para conquistar o público - disse o dirigente, também lembrando que a transmissão do jogo em rede nacional também será um fator importante.

Veja quem foram os campeões até aqui

2008/2009: Flamengo
2009/2010: Brasília
2010/2011: Brasília
2011/2012: Brasília
2012/2013: Flamengo

Equipes na disputa do NBB 6

Sky/Basquete Cearense
Paschoalatto/Bauru
Uniceub/BRB/Brasília
Espírito Santo
Flamengo
Vivo/Franca
Universo/Goiânia
Liga Sorocabana
Winner/Kabum/Limeira
Macaé Basquete
Minas Tênis Clube
Mogi das Cruzes/Helbor
Palmeiras/Meltex
Paulistano/Unimed
Pinheiros/Sky
São José/Unimed
Unitri/Magazine Luiza