icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/07/2013
18:30

Com o pensamento praticamente todo voltado para a Copa Libertadores, o Atlético-MG recebe o Criciúma nesta noite de domingo, em jogo que marca o retorno das duas equipes ao Brasileirão, após a pausa para a Copa das Confederações. Além do goleiro Victor e de Réver, jogadores titulares ao longo do ano, Richarlyson e Jô também deverão participar do jogo contra o Tigre. O técnico Cuca, no entanto, não confirmou se os jogadores vão começar a partida no banco ou entre os onze iniciais. O restante dos jogadores, como Ronaldinho, Tardelli e Bernard serão poupados para o confronto diante do Newell's, na próxima quarta.

MESMO COM A EQUIPE MESCLADA, META DO GALO É VENCER

Na zona de rebaixamento desde a pausa do campeonato, o Atlético precisa da vitória até mesmo para não deixar seu futuro em jogo no torneio nacional. O técnico Cuca cita a importância de uma vitória no Independência para melhorar a colocação na tabela e ir bem para a partida decisiva na quarta-feira.

- Essa partida de domingo é importante por diversos fatores. É um jogo em casa e temos que vencer, estamos lá embaixo, então levanta moral para o Brasileiro e para quarta-feira também - falou o comandante.

Ainda nesta mesma linha de raciocínio, o zagueiro Réver se posiciona sobre a necessidade de vencer o Criciúma e não se distanciar demais dos primeiros colocados após a disputa da Libertadores.

- Esse jogo de domingo se tornou fundamental para nós. Podemos ter uma arrancada no Brasileiro. Oscilamos muito na competição por estarmos focados na Libertadores, mas temos de estar atentos, porque a Libertadores está acabando e temos que parar de oscilar no Brasileiro, um campeonato muito difícil - disse o zagueiro.

TIGRE COM APENAS UMA NOVIDADE

O Criciúma terá o desafio de conquistar os seus primeiros pontos como visitante neste Campeonato Brasileiro diante do Atlético-MG. O Tigre catarinense já foi derrotado por Internacional e Fluminense atuando longe do Heriberto Hülse. Mudar esse retrospecto é mais do que uma obrigação para que o time tenha sucesso na Série A.

E para superar o Galo em Belo Horizonte, o Criciúma terá apenas uma novidade com relação ao time que empatou sem gols com o Salgueiro (PE), na última terça, pela Copa do Brasil. O volante Amaral, recuperado de lesão, volta ao time titular na vaga de Serginho, que, por ter sido emprestado pelo Atlético ao Tigre, não pode enfrentar o ex-clube. O atacante Fabinho, por sua vez, cumprirá suspensão automática, mas já não seria titular.

A aposta do técnico Vadão está no entrosamento do sistema ofensivo do Tigre, que, pela segunda partida consecutiva, terá Morais, Lins e Wellington Paulista em ação. O primeiro, teve rápida passagem pelo Galo no primeiro semestre deste ano, enquanto que Wellington já enfrentou o rival deste domingo em várias oportunidades pelo Cruzeiro.

- Nossa equipe está preparada. Temos grandes jogadores também para suportar a pressão. Queremos fazer um grande jogo. Vamos entrar atentos e com força de vontade - disse Vadão.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X CRICIÚMA

Local: Arena Independência, Belo Horizonte (MG)
Data/hora: 7/7/2013 – 18h30
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: José Antônio Chaves Franco Filho (RS) e José Javel Silveira (RS)

ATLÉTICO-MG: Victor; Michel, Réver, Jemerson e Junior César (Richarlyson); Josué, Rosinei, Guilherme e Luan; Neto Berola e Alecsandro (Jô). Técnico: Cuca

CRICIÚMA: Bruno, Sueliton, Matheus Ferraz, Everton Páscoa e Marlon; Amaral, Elton, João Vitor e Morais; Lins e Wellington Paulista – Técnico: Vadão.

Com o pensamento praticamente todo voltado para a Copa Libertadores, o Atlético-MG recebe o Criciúma nesta noite de domingo, em jogo que marca o retorno das duas equipes ao Brasileirão, após a pausa para a Copa das Confederações. Além do goleiro Victor e de Réver, jogadores titulares ao longo do ano, Richarlyson e Jô também deverão participar do jogo contra o Tigre. O técnico Cuca, no entanto, não confirmou se os jogadores vão começar a partida no banco ou entre os onze iniciais. O restante dos jogadores, como Ronaldinho, Tardelli e Bernard serão poupados para o confronto diante do Newell's, na próxima quarta.

MESMO COM A EQUIPE MESCLADA, META DO GALO É VENCER

Na zona de rebaixamento desde a pausa do campeonato, o Atlético precisa da vitória até mesmo para não deixar seu futuro em jogo no torneio nacional. O técnico Cuca cita a importância de uma vitória no Independência para melhorar a colocação na tabela e ir bem para a partida decisiva na quarta-feira.

- Essa partida de domingo é importante por diversos fatores. É um jogo em casa e temos que vencer, estamos lá embaixo, então levanta moral para o Brasileiro e para quarta-feira também - falou o comandante.

Ainda nesta mesma linha de raciocínio, o zagueiro Réver se posiciona sobre a necessidade de vencer o Criciúma e não se distanciar demais dos primeiros colocados após a disputa da Libertadores.

- Esse jogo de domingo se tornou fundamental para nós. Podemos ter uma arrancada no Brasileiro. Oscilamos muito na competição por estarmos focados na Libertadores, mas temos de estar atentos, porque a Libertadores está acabando e temos que parar de oscilar no Brasileiro, um campeonato muito difícil - disse o zagueiro.

TIGRE COM APENAS UMA NOVIDADE

O Criciúma terá o desafio de conquistar os seus primeiros pontos como visitante neste Campeonato Brasileiro diante do Atlético-MG. O Tigre catarinense já foi derrotado por Internacional e Fluminense atuando longe do Heriberto Hülse. Mudar esse retrospecto é mais do que uma obrigação para que o time tenha sucesso na Série A.

E para superar o Galo em Belo Horizonte, o Criciúma terá apenas uma novidade com relação ao time que empatou sem gols com o Salgueiro (PE), na última terça, pela Copa do Brasil. O volante Amaral, recuperado de lesão, volta ao time titular na vaga de Serginho, que, por ter sido emprestado pelo Atlético ao Tigre, não pode enfrentar o ex-clube. O atacante Fabinho, por sua vez, cumprirá suspensão automática, mas já não seria titular.

A aposta do técnico Vadão está no entrosamento do sistema ofensivo do Tigre, que, pela segunda partida consecutiva, terá Morais, Lins e Wellington Paulista em ação. O primeiro, teve rápida passagem pelo Galo no primeiro semestre deste ano, enquanto que Wellington já enfrentou o rival deste domingo em várias oportunidades pelo Cruzeiro.

- Nossa equipe está preparada. Temos grandes jogadores também para suportar a pressão. Queremos fazer um grande jogo. Vamos entrar atentos e com força de vontade - disse Vadão.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X CRICIÚMA

Local: Arena Independência, Belo Horizonte (MG)
Data/hora: 7/7/2013 – 18h30
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: José Antônio Chaves Franco Filho (RS) e José Javel Silveira (RS)

ATLÉTICO-MG: Victor; Michel, Réver, Jemerson e Junior César (Richarlyson); Josué, Rosinei, Guilherme e Luan; Neto Berola e Alecsandro (Jô). Técnico: Cuca

CRICIÚMA: Bruno, Sueliton, Matheus Ferraz, Everton Páscoa e Marlon; Amaral, Elton, João Vitor e Morais; Lins e Wellington Paulista – Técnico: Vadão.