icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/12/2013
13:09

É inegável que a temporada 2013 foi boa para o Botafogo. A equipe foi campeã carioca e voltou à Libertadores após 17 anos. Mas um atleta em especial tem até mais motivos para sorrir. O meia-atacante Hyuri, que em janeiro estava no Audax e em dezembro disputava vaga no time alvinegro.

– O ano foi maravilhoso para mim. Cheguei no meio da competição, mas pude ajudar o Botafogo, isso é o mais importante. Foi até mais do que eu esperava, mas eu sei que posso render ainda mais – disse o apoiador, à Rádio Tupi.

Rápido e habilidoso, Hyuri chegou a General Severiano pouco antes de Vitinho seguir para o CSKA (RUS). Logo na estreia, o camisa 17 fez dois gols, dando a esperança aos alvinegros de que fosse o substituto ideal. Porém, não manteve o nível e foi parar no banco:

– Já esperava isso, mas consegui trabalhar bem a cabeça. Não vim para copiar o Vitinho, e sim para ajudar o Botafogo. Vim tentando minimizar os erros e houve uma pequena queda, mas tive consciência de que poderia melhorar. Conseguimos fechar o ano bem e isso que importa.