icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/03/2014
12:27

Sem jogos oficiais até o dia 20 de abril, data da estreia no Campronato Brasileiro diante do Atlético-MG, o Corinthians realizou um treino leve na manhã desta quarta-feira, no CT Joaquim Grava, após dois dias de folga para o elenco. O atacante Emerson Sheik, em negociação com o Botafogo, participou da atividade com os reservas.

Sheik foi desfalque do Timão nos últimos dois jogos, um pela Copa do Brasil e outro pelo Campeonato Paulista. No último, diante do Atlético Sorocaba, ele já havia se recuperado de uma lesão muscular na coxa direita, mas o técnico Mano Menezes não relacionou-o para a partida. Apesar do treinador dizer que conta com o atacante, a diretoria ainda busca um destino para sua saída no segundo semestre. O que tem atrapalhado é o alto salário do jogador, na casa de R$ 500 mil mensais, que dificulta seu empréstimo - o contrato vai até julho de 2015.

O meia Renato Augusto, que concedeu entrevista coletiva nesta quarta, torce para que o jogador não deixe a equipe.

- Ele (Sheik) continua sendo a mesma pessoa, agindo da mesma maneira. Até brinquei com ele de manhã sobre isso. Pensamento é continuar conosco. Torço para que ele fique, porque ele marcou o nome na história do Corinthians - disse o camisa 8 alvinegro.

Nesta quarta, o grupo alvinegro foi dividido em dois, entre reservas e titulares, que se alternaram em trabalhos na academia e no campo. No gramado, a atividade foi um trabalho de toque de bola em campo reduzido. Com os titulares, Guerrero, recuperado de lesão muscular na coxa esquerda, treinou sem limitações.

Neste momento, encontra-se no departamento médico do Corinthians apenas o meia peruano Luis Ramírez, que passou por cirurgia no ombro esquerdo no início de março.