icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/04/2014
16:22

O Goiás ostentava o fato de ainda estar invicto na atual temporada, mas sofreu um revés inesperado diante do Botafogo-PB. A derrota na estreia da Copa do Brasil foi um baque para todo elenco esmeraldino, entretanto o mais frustado após o jogo era o técnico Claudinei Oliveira, que assumiu a culpa pelo resultado adverso.

- Realmente não foi uma boa partida e a culpa foi minha, sou eu quem escala, arma e dirige o time em campo. Então se teve alguém responsável pelo resultado ruim, esse alguém sou eu. Os jogadores tentaram em campo, buscaram o resultado mas acabaram por não conseguir. Então, quando o time perde a responsabilidade é minha, quando ganha, mérito deles - disse o comandante, isentando os jogadores de culpa.

A derrota foi em João Pessoa por 2 a 0, o que obriga o Verdão a ter que fazer um placar mais elástico no jogo da volta, em Goiânia, para conseguir avançar à próxima fase. Sabendo da necessidade de vencer por três gols de diferença, Claudinei trata o jogo com cautela e quer evitar que o grupo fique ansioso.

- O resultado sem dúvida nos pressiona, mas não podemos deixar de jogar com inteligência e bem postados em campo. Se saímos com tudo, podemos tomar um e aí fica ainda mais complicado. Então, é trabalhar para manter o equilíbrio e tentar ser mais eficiente.