icons.title signature.placeholder Marcio Porto
icons.title signature.placeholder Marcio Porto
25/07/2013
10:03

A cada partida, o técnico Claudinei Oliveira vai se firmando no comando do Santos e afastando o rótulo de interino. Após a vitória de 2 a 0 sobre o Crac-GO, em Catalão, na última quarta-feira, o treinador mostrou serenidade nas palavras e externou o sentimento com os resultados positivos com a molecada.

O grupo é só alegria. Em Catalão, foram 14 jogadores das categorias de base no grupo. Clima para lá de descontraído, desde a chegada na cidade, passando pelos momentos no hotel, até o vestiário pós-jogo, onde era possível ver o bom ambiente santista. Claudinei explica o momento.

- Cada garoto tem uma alegria, como estou tendo também. A alegria deles é a mesma que a minha. O Gustavo Henrique fez uma grande partida, o Pedro Castro participou bem, o Cittadini fez o primeiro jogo, cada jogo é uma alegria diferente. No jogo, tem varias vitórias. É um jogador que entrou bem, outro que fez gol, tem varias vitorias. O importante é ganhar o jogo, e não deixar saldo de negativo para o clube - analisou o comandante santista.

Na passagem por Catalão, o técnico deu mostras de que está tranquilo no comando do Santos. Atencioso, bateu papo com a imprensa, se divertiu com funcionários do hotel, visitou o estádio da partida antes do jogo, falou de maneira contundente sobre os principais assuntos do clube.

A diretoria, por sua vez, está rindo à toa com o sucesso do antes interino. Já o concedeu um aumento salarial e vê a equipe em plena evolução. Desde que Claudinei assumiu, após a saída de Muricy Ramalho, foram oito partidas disputadas, com quatro vitórias, três empates e apenas uma derrota, para o Criciúma, fora de casa, pelo Brasileirão. Realmente, há a alegria de sobra para comemorar.

A cada partida, o técnico Claudinei Oliveira vai se firmando no comando do Santos e afastando o rótulo de interino. Após a vitória de 2 a 0 sobre o Crac-GO, em Catalão, na última quarta-feira, o treinador mostrou serenidade nas palavras e externou o sentimento com os resultados positivos com a molecada.

O grupo é só alegria. Em Catalão, foram 14 jogadores das categorias de base no grupo. Clima para lá de descontraído, desde a chegada na cidade, passando pelos momentos no hotel, até o vestiário pós-jogo, onde era possível ver o bom ambiente santista. Claudinei explica o momento.

- Cada garoto tem uma alegria, como estou tendo também. A alegria deles é a mesma que a minha. O Gustavo Henrique fez uma grande partida, o Pedro Castro participou bem, o Cittadini fez o primeiro jogo, cada jogo é uma alegria diferente. No jogo, tem varias vitórias. É um jogador que entrou bem, outro que fez gol, tem varias vitorias. O importante é ganhar o jogo, e não deixar saldo de negativo para o clube - analisou o comandante santista.

Na passagem por Catalão, o técnico deu mostras de que está tranquilo no comando do Santos. Atencioso, bateu papo com a imprensa, se divertiu com funcionários do hotel, visitou o estádio da partida antes do jogo, falou de maneira contundente sobre os principais assuntos do clube.

A diretoria, por sua vez, está rindo à toa com o sucesso do antes interino. Já o concedeu um aumento salarial e vê a equipe em plena evolução. Desde que Claudinei assumiu, após a saída de Muricy Ramalho, foram oito partidas disputadas, com quatro vitórias, três empates e apenas uma derrota, para o Criciúma, fora de casa, pelo Brasileirão. Realmente, há a alegria de sobra para comemorar.