icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/12/2013
17:21

O Manchester City confirmou sua força dentro de casa, manteve a invencibilidade em seus domínios com uma ótima vitória por 2 a 1 sobre o ex-líder Liverpool e alcançou a segunda colocação da tabela do Campeonato Inglês. Os gols foram marcados por Kompany e Negredo para os Citizens. Philippe Coutinho abriu o placar para os Reds.

Com o resultado negativo, o time do técnico Brendan Rodgers, que mais uma vez não contou com Steven Gerrard, caiu para a quarta colocação. O Arsenal volta à liderança, o City é o segundo e o Chelsea, em terceiro, fecha o grupo dos clubes na zona de classificação para a próxima Liga dos Campeões.

O JOGO

O primeiro tempo começou vermelho e acabou azul. Isso porque após os primeiros dez minutos de equilíbrio, o Liverpool passou a dominar a partida, tendo boas chances de marcar até que conseguiu abrir o placar com Philippe Coutinho. O brasileiro aproveitou jogada de Sterling, que driblou Hart para colocar a bola para dentro.

O Manchester City, ao contrário de outras temporadas, não entrou em pânico com o gol sofrido. Colocou a bola no chão e passou a utilizar a velocidade de Navas como principal arma para buscar o empate. Em jogada pelos flancos, o time conseguiu um escanteio. Nasri bateu na cabeça de Kompany, que superou Skrtel e empatou o jogo.

E MAIS:
>Veja outras notícias do futebol internacional
>Arsenal e Chelsea vencem no Boxing Day
>Rooney comanda virada do Manchester United

No fim do primeiro tempo, com os dois times já pensando em suas estratégias para a segunda etapa, Negredo recebeu passe milimétrico e encobriu Mignolet, marcando o gol da virada e dando um pepino para o técnico Brendan Rodgers, do Liverpool, resolver no vestiário.


Negredo marcou o gol da virada do City sobre o Liverpool (Foto: Paul Ellis/AFP)

No intervalo, Rodgers acertou para que sua equipe sufocasse o Manchester City desde o primeiro segundo. E assim foi. O Liverpool teve uma sequência de três ou quatro boas chances antes de os Citizens conseguirem respirar. Mas quando os Reds baixaram a guarda, o City voltou com tudo, criando um jogo cheio de chances, mas nenhum gol. Melhor para o time da casa, novo vice-líder da Premier League e invicto nos seus domínios.