icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/11/2013
19:50

Dedé, Nilton, Egídio, Dagoberto e Borges. Nenhum dos jogadores sequer embarcarão com a delegação celeste para Uberlândia, na manhã deste sábado. Esta é uma das vantagens que Marcelo Oliveira tem por comandar o elenco campeão brasileiro de 2013, com o título garantido com quatro rodadas de antecedência.

- Não viaja o Dedé, o Egídio. Nilton já estava fora por uma lesão. E também Dagoberto e Borges por suspensão. A partir daí vamos montar equipe, mas com certeza um time forte  capaz de fazer um grande jogo lá - falou Marcelo Oliveira, em coletiva de imprensa nesta sexta.

E MAIS:
> Bruno Rodrigo é liberado do DM e volta aos treinos
> Fábio fecha o gol em Salvador e fatura o Cara da 34ª Rodada

A brecha na equipe pode dar oportunidades para jogadores como Paulão, Everton e Júlio Baptista. Apesar de não escalar o time com força total, Marcelo Oliveira não descarta lutar pelo recorde de pontuação no Brasileiro com 20 times, além do aproveitamento em todo o campeonato.

- Queremos obter a maior pontuação com 20 clubes, o melhor aproveitamento de todos, além de observar jogadores e administrar o cansaço de outros. Mas o mais interessante é que ainda há outros clubes interessados nos jogos do Cruzeiro e temos que ter seriedade e comprometimento com isso também - completou.