icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
29/07/2013
14:11

Cesar Cielo faturou na tarde desta segunda-feira o título mundial dos 50m borboleta, em Barcelona. No Palau Sant Jordi, o nadador completou o percurso em 23s01 e faturou o seu quinto título mundial na principal competição dos esportes aquáticos.

Cielo fez um tempo inferior ao que havia obtido na eliminatória (22s86), mas o suficiente para bater à frente do americano Eugene Godsoe, que completou a prova em 23s05, e do francês Frederick Bousquet (23s11).

O nadador brasileiro se torna também o segundo da história a conquistar o bicampeonato mundial desta prova. Ele já havia vencido também em Xangai-2011, e iguala-se ao sul-africano Roland Schoeman, que fez a dobradinha nos Mundiais de Montreal-2005 e de Melbourne-2007.

- Eu estou muito mais aliviado. Se o mundo acabar amanhã, eu já estaria feliz com o que eu conquistei. Essa final estava muito tensa. Eu vim para esta competição para representar o Brasil do melhor jeito possível. Se eu perdesse, ia falar que meu joelho doeu, mas graças a Deus não tem desculpa - disse Cielo após a prova.

Além das duas vitórias nos 50m borboleta, Cielo conquistou o título mundial dos 50m livre em Roma-2009 e em Xangai-2011. No Mundial italiano, venceu também os 100m livre - única medalha que possui nesta prova.

Cielo volta à água agora na próxima sexta-feira. É quando começam as eliminatórias para os 50m livre, prova da qual ele busca o tricampeonato.

O outro brasileiro na disputa, Nicholas Santos fez um bom início de prova mas não conseguiu manter o ritmo até o final e fechou na quarta colocação, com 23s21. Nicholas havia liderado as eliminatórias, com 22s81, mas fez um tempo bem inferior na hora decisiva.

Cesar Cielo faturou na tarde desta segunda-feira o título mundial dos 50m borboleta, em Barcelona. No Palau Sant Jordi, o nadador completou o percurso em 23s01 e faturou o seu quinto título mundial na principal competição dos esportes aquáticos.

Cielo fez um tempo inferior ao que havia obtido na eliminatória (22s86), mas o suficiente para bater à frente do americano Eugene Godsoe, que completou a prova em 23s05, e do francês Frederick Bousquet (23s11).

O nadador brasileiro se torna também o segundo da história a conquistar o bicampeonato mundial desta prova. Ele já havia vencido também em Xangai-2011, e iguala-se ao sul-africano Roland Schoeman, que fez a dobradinha nos Mundiais de Montreal-2005 e de Melbourne-2007.

- Eu estou muito mais aliviado. Se o mundo acabar amanhã, eu já estaria feliz com o que eu conquistei. Essa final estava muito tensa. Eu vim para esta competição para representar o Brasil do melhor jeito possível. Se eu perdesse, ia falar que meu joelho doeu, mas graças a Deus não tem desculpa - disse Cielo após a prova.

Além das duas vitórias nos 50m borboleta, Cielo conquistou o título mundial dos 50m livre em Roma-2009 e em Xangai-2011. No Mundial italiano, venceu também os 100m livre - única medalha que possui nesta prova.

Cielo volta à água agora na próxima sexta-feira. É quando começam as eliminatórias para os 50m livre, prova da qual ele busca o tricampeonato.

O outro brasileiro na disputa, Nicholas Santos fez um bom início de prova mas não conseguiu manter o ritmo até o final e fechou na quarta colocação, com 23s21. Nicholas havia liderado as eliminatórias, com 22s81, mas fez um tempo bem inferior na hora decisiva.