icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/11/2013
00:37

A noite que era de festa para Rogério Ceni acabou em decepção. Em seu 1116º jogo pelo São Paulo, em marca que se igualou à de Pelé pelo Santos como jogador com mais partidas por um clube brasileiro, o goleiro saiu de campo chateado com os gols sofridos na derrota por 3 a 1 para a Ponte Preta, no primeiro jogo da semifinal da Copa Sul-Americana.

- Não fizemos por merecer, não tivemos a objetividade de antes, não produzimos tantas chances de gols, a não ser no finalzinho do jogo - comentou o camisa 1.

Na avaliação do goleiro, porém, a má atuação do time nessa partida não indica que o São Paulo já não tem chances de ir à final da competição no dia 27, em jogo que deverá ocorrer no estádio Romildo Ferreira, em Mogi Mirim.

- Hoje não estivemos no nível das últimas dez rodadas. Ninguém esperava esse 3 a 1 aqui. Então, não é impossível fazer o 3 a 1 lá. Temos que trabalhar - finalizou.

Show de são-paulinos termina em festa da torcida da Ponte