icons.title signature.placeholder Bruno Grossi
25/06/2014
20:00

Rogério Ceni está satisfeito com o rendimento físico do São Paulo após quase duas semanas de treinos nos Estados Unidos. A chegada de Alan Kardec e as iminentes voltas de Kaká e Rafael Toloi também animam o capitão tricolor. Os fatores positivos, no entanto, não são suficientes para que seu time seja colocado como o favorito ao título do Campeonato Brasileiro.

- No Brasileirão é difícil falar de favorito. Só se você olhar para o Cruzeiro, que tem elenco, variação tática enorme, sobretudo na frente. São 29 rodadas para jogar ainda, é muito campeonato. Claro que quem largou na frente agora pode ter diferença no final do torneio. Cada um com seu objetivo. Mas não tem nada definido. Vamos ver como recomeça o Brasileiro após a Copa do Mundo com novos estádios, como o torcedor reage - opinou.

O motivo para tanto realismo de Ceni é a quantidade de resultados surpreendentes na Copa do Mundo. A competição viu a Costa Rica ser líder em um grupo com os campeões mundiais Uruguai, Itália e Inglaterra (estes dois últimos, já eliminados) e a atual campeã Espanha cair diante de Chile e Holanda ainda na fase de grupos.

- A Copa mostra o equilíbrio, seleções campeãs mundiais fora na primeira fase, por exemplo. Hoje o futebol está muito padrão, muito parelho. O que muda é a parte tática, um grande treinador, um jogador muito diferenciado. Fora isso, o resto é tudo muito parecido. Todos correm muito, sabem tocar a bola - explicou.

As únicas vantagens vistas por Ceni, apesar de um elenco estrelado com Luis Fabiano, Alexandre Pato e Ganso, são o preparo físico e a união do grupo são-paulino após as duas semanas em Orlando (EUA).

- O mais positivo é todos estarem juntos, tudo ter corrido bem até agora. Na parte comportamental todos foram muitos. Também o fato de treinar nessa temperatura (beirando os 30°), porque chegando no inverno no Brasil o corpo tende a estar mais preparado do que se fosse o contrário. São muitos treinos, para a parte física foi muito bom - destacou.