icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/03/2014
00:11

Com vários erros de saída de bola, o Osasco Audax foi goleado pelo São Paulo por 4 a 0, nesta quarta-feira, no Morumbi. Mas o goleiro Rogério Ceni deixou o gramado elogiando muito o estilo de jogo do adversário, comandado pelo ex-jogador Fernando Diniz.

- Eu acho fantástico, acho que é uma evolução tática. Lógico que você corre muitos riscos, e eles correram muito risco próximo ao gol, mas é moderno. No primeiro tempo, 11 contra 11, tivemos dificuldade. Tivemos chances, mas foi difícil. A coragem de fazer isso é muito bacana - exaltou o camisa 01, que passou alguns minutos conversando com o goleiro Felipe Alves após o apito final.

Felipe sai jogando pelo chão em todas as jogadas e acaba dando alguns presentes para os atacantes rivais. Os lances da expulsão do zagueiro André Rocha e do gol de Osvaldo, o terceiro do Tricolor, saíram de seus passes errados.

- Falei para que ele mantenha a confiança, porque jogar com o pé é importante. Dentro da pequena área você tem que minimizar os riscos, mas vi outros jogos e não analiso por hoje. Errar faz parte, mas você tem que ter a personalidade - acrescentou Ceni, que citou até o Bayern de Munique de Pep Guardiola.

- Quando jogamos contra o Bayern tivemos uma aula tática. É a primeira vez que vejo algo tão acentuado quanto esse aqui. Só deram chutão depois que perderam a confiança. É padrão de fora, com marcação pressão, rodar o tempo todo sem posição. Acho interessantíssimo. É claro que vão falar que perdeu de quatro, mas acho muito bom. Admiro o trabalho do Fernando Diniz - completou o goleiro, lembrando da derrota por 2 a 0 para os alemães na Audi Cup, no meio do ano passado.

São Paulo vence Audax e garante vaga