icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/07/2013
15:46

O goleiro Rogério Ceni, após a perda do título da Recopa Sul-Americana para o Corinthians, afirmou que o São Paulo havia parado no tempo. No dia seguinte, o diretor de futebol do clube, Adalberto Baptista, rebateu e rechaçou a declaração do camisa 01 e ídolo tricolor. Em enquente realizada no LANCE!Net, a grande maioria dos internautas fica do lado do jogador.

Com 94% dos votos, a declaração de Ceni é a que ilustra o período são-paulino. Mais de dez mil votantes escolheram essa opção. Já a frase do dirigente aparece com 6%, com aproximadamente 700 cliques dos navegantes.

Sem vencer há nove partidas - sendo sete derrotas e dois empates -, o Tricolor vive um dos piores momentos de sua história. No estádio do Morumbi, são quatro derrotas consecutivas, que configura na maior sequência negativa em casa em seus 77 anos.

Além do mau momento dentro de campo, as declarações dos jogadores, comissão técnica e expõem o período turbulento. Pós-Recopa, o atacante Osvaldo previu que a crise iria aumentar por conta da perda de um título para um arquirrival. Já Ganso criticou o desempenho da defesa, que sofreu 11 gols nos últimos cinco jogos. Na quinta-feira, Adalberto Baptista afirmou que Ceni tinha uma deficiência na reposição de bola, o que aguçou ainda mais o inconformismo entre os jogadores.

Neste sábado, diante do Cruzeiro, o São Paulo tenta pôr fim à crise instaurada e se reerguer dessa má fase.

O goleiro Rogério Ceni, após a perda do título da Recopa Sul-Americana para o Corinthians, afirmou que o São Paulo havia parado no tempo. No dia seguinte, o diretor de futebol do clube, Adalberto Baptista, rebateu e rechaçou a declaração do camisa 01 e ídolo tricolor. Em enquente realizada no LANCE!Net, a grande maioria dos internautas fica do lado do jogador.

Com 94% dos votos, a declaração de Ceni é a que ilustra o período são-paulino. Mais de dez mil votantes escolheram essa opção. Já a frase do dirigente aparece com 6%, com aproximadamente 700 cliques dos navegantes.

Sem vencer há nove partidas - sendo sete derrotas e dois empates -, o Tricolor vive um dos piores momentos de sua história. No estádio do Morumbi, são quatro derrotas consecutivas, que configura na maior sequência negativa em casa em seus 77 anos.

Além do mau momento dentro de campo, as declarações dos jogadores, comissão técnica e expõem o período turbulento. Pós-Recopa, o atacante Osvaldo previu que a crise iria aumentar por conta da perda de um título para um arquirrival. Já Ganso criticou o desempenho da defesa, que sofreu 11 gols nos últimos cinco jogos. Na quinta-feira, Adalberto Baptista afirmou que Ceni tinha uma deficiência na reposição de bola, o que aguçou ainda mais o inconformismo entre os jogadores.

Neste sábado, diante do Cruzeiro, o São Paulo tenta pôr fim à crise instaurada e se reerguer dessa má fase.