icons.title signature.placeholder Luiz Signor
12/03/2014
17:24

O Corinthians poderia enfrentar o Rubro-Negro Esporte Clube Feira de Santana na Primeira Fase da Copa do Brasil, no próximo dia 19. Poderia, pois não pode mais. O Tricolor Bahia de Feira tinha uma parceria muito bem encaminhada com o Vitória, mas a CBF não autorizou. E sobra lamentação no Tremendão por conta desta decisão. Decisão tomada, segundo o presidente Thiago Souza, há cerca de duas semanas.

– A CBF não reconheceu a parceria, por entender que ela não poderia acontecer entre clubes da mesma federação. O processo não foi à frente. Vamos nos manter como Bahia de Feira. É bola para frente. Infelizmente não foi possível – disse Thiago Souza, ao LANCE!Net, por telefone.

O Bahia via tal parceria como essencial para o crescimento do clube, reconhecido por ser formador de bons valores. Os principais seriam repassados ao Vitória, que teria direito a um percentual dos direitos econômicos desses atletas. Em contrapartida, o Bahia de Feira teria um aporte financeiro e receberia jogadores que não seriam utilizados pelo Leão. Até o novo escudo do clube estava pronto. Faltava apenas o aval da CBF.

– Podemos buscar um clube de fora (da Bahia) se for interessante. Se não surgir nada, vamos seguir em frente como Bahia de Feira mesmo, assim como vínhamos fazendo. É vida que segue – completou o mandatário máximo do clube de Feira de Santana.

Campeão Baiano em 2011, quando superou justamente o Vitória na final, o time de Feira de Santana se qualificou para a Copa do Brasil deste ano ao conquistar a Copa Governador do Estado da Bahia de 2013. O Vitória da Conquista, então tricampeão, foi o time superado pelo Tremendão na decisão.

Como não avançou à Segunda Fase do Campeonato Baiano, o Bahia de Feira pensa apenas no duelo do dia 19 contra o Corinthians. Para garantir o jogo da volta, o Tremendão terá de evitar uma derrota por dois ou mais gols de diferença para o Timão no Jóia da Princesa. Essa é uma das missões do técnico Quintino Barbosa, o Barbosinha, que também comanda o Juazeirense.