icons.title signature.placeholder Rodrigo Ciantar
08/12/2013
14:44

Em um jogo decisivo como este, contra o Atlético Paranaense, uma ajudinha divina é sempre bem-vinda. O técnico Adilson Batista, católico, acordou bem cedinho neste domingo e visitou a Catedral São Francisco Xavier, localizada no centro de Joinville, próximo ao hotel em que a delegação vascaína está hospedada.

A reza tem de ser das mais fortes para que o Vasco permaneça na Série A do Campeonato Brasileiro, afinal o time cruz-maltino tem uma prova de fogo nesta tarde: precisa vencer o Atlético-PR e torcer para que Coritiba ou Criciúma perca seu jogo.

Além de fé, mistério também tem sido bem utilzado por Adilson para o decisivo confronto. Durante a semana passada, ele chegou a fechar um treinamento, definiu a equipe titular, mas não revelou quem será titular.