icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
07/11/2014
15:48

Sem dinheiro, a equipe de Formula 1 Caterham pretende contar com a ajuda de fãs para financiar o custo necessário (mais de dois milhões de libras) que o time precisa para correr na última prova da temporada, o Grande Prêmio de Abu Dhabi

A equipe marcada por sempre ficar entre os retardatários ficaram de fora do GP dos Estados Unidos, no Texas, no último fim de semana e também não irão correr neste domingo no Autódromo de Interlagos, onde é disputado o GP do Brasil.

Nesta sexta-feira, a equipe lançou o projeto #RefuelCaterhamF1 onde pede aos fãs que ajudem com a quantia mínima de dez libras (cerca de R$ 40) em um esforço para alcançar a quantia de £2.35 milhões (em reais daria exatamente R$9.578.835), valor que "salvaria" a equipe e daria condições de estar no grid em Abu Dhabi no dia 23 de novembro.

- Estamos trabalhando sem parar para a Caterham F1 voltar a correr, inicialmente em Abu Dhabi, mas espero que seja apenas um trampolim para voltar a correr de forma permanente, sob nova direção - disse Finbarr O'Connell, administrador interino da equipe principal da Caterham.

- Queremos obter tantos patrocinadores e fãs for possível para essa semana e tornar o nosso retorno algo em que todos nós podemos fazer parte - completou.

- A equipe merece um futuro e eu tenho certeza de que bastante fãs e empresas que concordam com isso, então eu não consigo pensar de uma maneira melhor de todos nós conseguirmos isso, mostrar o nosso apoio à equipe com o projeto #RefuelCaterhamF1 - finalizou.

A Caterham criou uma espécie de site, como se fosse um fundo, que facilita o envio de dinheiro. O anúncio da campanha da equipe aconteceu horas depois da Marussia mandar 200 funcionários embora e abandonar de vez a F1.